20 maio 2022
Augusta Serrano;
Firmamento da Noite
22:00-04:00

“Temos um potencial grande e este plano vai valorizar Vila Viçosa enquanto destino” diz Vice-Presidente da CM de Vila Viçosa(c/som e fotos)

Regional 20 Jan. 2022

A Câmara Municipal de Vila Viçosa apresentou hoje, em conjunto com o Vector Estratégico – Estudos e Consultoria, o Plano Estratégico de Marketing Territorial de Vila Viçosa.

A iniciativa decorreu no auditório da Escola Secundária Públia Hortênsia de Castro, e estiveram presentes nesta apresentação o Presidente da Câmara Municipal de Vila Viçosa, Inácio Esperança, o Vice-Presidente da Autarquia, Tiago Salgueiro, assim como diversos empresários do concelho e diferentes agentes de várias áreas económicas.

O Plano agora apresentado contempla o diagnóstico efetuado no concelho identificando os pontos fortes e pontos fracos e aponta caminhos para a valorização, promoção e divulgação das potencialidades do concelho de Vila Viçosa.

O Plano contempla diferentes eixos estratégicos de atuação e a apresentação de várias ações que o Município pode agora desenvolver com o propósito de valorizar o território.

A Rádio Campanário esteve presente na apresentação deste Plano Estratégico e falou com o Vice-Presidente da Câmara Municipal de Vila Viçosa, Tiago Salgueiro que começou por nos referir “este plano é muito importante do ponto de vista da planificação do futuro para Vila Viçosa e do ponto de vista turístico assim como do ponto de vista patrimonial.”

Tiago salgueiro sublinhou ainda “foi feito um diagnóstico muito rigoroso, que contou com a colaboração dos serviços municipais, no sentido de se tentar perceber em que é que Vila Viçosa se pode diferenciar dos restantes destinos”. Para o Vice-Presidente é importante “tentar apostar nessa valorização” considerando ainda fundamental “recuperar o património edificado que temos porque esses são os pontos fortes que Vila Viçosa apresenta em termos daquilo que é a diferenciação em relação aos distantes.”

Para o autarca “esta ferramenta vai ser muito útil para a planificação política que queremos executar no futuro” sublinhando “foram-nos dadas algumas pistas, estão identificados os pontos menos fortes que terão que ser corrigidos e que se prendem precisamente com a degradação do património”. Tiago Salgueiro adianta igualmente “temos aqui a oportunidade de criar algumas rotas específicas, com os grandes nomes que Vila Viçosa tem, nomeadamente Florbela Espanca ou Henrique Pousão, pelo que a dinâmica vai neste sentido.”

“O que esta avaliação nos veio dizer é que nós temos um potencial muito grande, que pode ser devidamente aproveitado e que nos permitirá no futuro valorizar Vila Viçosa enquanto destino” acrescentou ainda o Vice-Presidente da Câmara Municipal de Vila Viçosa.

O Plano agora apresentado, quando aplicado na prática precisa da intervenção dos vários agentes do território que tal como refere à RC Tiago Salgueiro “é necessária a colaboração de todos os intervenientes , de todos os operadores no terreno assim como é importante a valorização da pedra mármore enquanto elemento arquitetónico e o que nós queremos é trazer cá o turista e mostrar-lhe quais são as potencialidades do mármore enquanto elemento de construção e a partir daí criar uma narrativa diferente que distinga Vila Viçosa dos restantes destinos e que permita que o período de estadia de quem nos visita aumente e que possamos criar novas oportunidades para trazer até nós todos os interessados nesta temática, quer no turismo literário, quer do turismo patrimonial e religioso.”

Relativamente à aplicabilidade das ações definidas nos diferentes eixos estratégicos, o Vice-Presidente da Câmara refere “temos aqui uma linha orientadora daquilo que poderão vir a ser os investimentos do Município no futuro, quer em termos públicos, quer em termos privados, e depois através de um trabalho de rede, de parceria, definirmos uma estratégia que seja eficaz e que no futuro permita valorizar e dar a conhecer Vila Viçosa em todas as suas vertentes.”

A este propósito acrescenta “estas 35 medidas vão ser agora analisadas, vão ser feitas algumas prioridades e agiremos por fases para criarmos uma dinâmica que seja eficaz do ponto de vista do turístico, mas que, através desta área, consiga dar resposta aos problemas existentes em outras áreas, nomeadamente do ponto de vista empresarial e industrial.”

Por último, o Vice-Presidente considera ainda que este plano será uma mais valia para o processo de candidatura de Vila Viçosa a Património Mundial, processo que está a decorrer, referindo “a identificação destes elementos que poderão vir a ser valorizados assim como a definição desta estratégia vai-nos permitir também essa valorização que se pretende por parte da Unesco.”

“Se a Unesco enquanto entidade de avaliação perceber que o Município de Vila Viçosa está a criar uma dinâmica em termos da requalificação dos seus ativos, eu acho que é muito importante” acrescentou ainda o autarca.

 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Maio 2022 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31