Imprimir esta página

NACIONAL

Temperaturas descem mas o risco elevado de incêndio mantém-se em alguns concelhos alentejanos

Regional 10 Ago. 2020

Cerca de 50 concelhos do interior Norte e Centro e da região do Algarve estão em risco máximo de incêndio, apesar da previsão de uma pequena descida de temperatura no interior, de acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Segundo o IPMA estão em risco máximo de incêndio cerca de 40 concelhos dos distritos de Bragança, Guarda, Viseu e Castelo Branco e cinco municípios do distrito de Faro.

Em risco muito elevado estão cerca de 60 concelhos também do interior Norte, Centro e em risco elevado mais de 80 outros municípios dos distritos de Viana do Castelo, Braga, Vila Real, Porto, Aveiro, Coimbra, Leiria, Viseu, Portalegre, Lisboa, Évora, Beja e Faro.

A situação de alerta em Portugal continental que tinha sido decretada pelo Governo e colocava em prontidão a resposta operacional das autoridades em todos os distritos, impondo uma série de proibições quanto ao uso do fogo, deixou de vigorar ontem ao final do dia.

Para amanhã, terça-feira, o IPMA prevê céu pouco nublado ou limpo, apresentando-se geralmente muito nublado até final da manhã, em especial no litoral oeste, podendo persistirem alguns locais da faixa costeira.

Possibilidade de ocorrência de períodos de chuva fraca ou chuvisco no litoral oeste. Durante a tarde, aumento temporário de nebulosidade nas regiões do interior com possibilidade de ocorrência de aguaceiros e trovoada no Norte e Centro.

Vento fraco a moderado (até 30 km/h) do quadrante oeste, soprando por vezes forte (até 40 km/h) nas terras altas das regiões Centro e Sul a partir da tarde. Neblina ou nevoeiro matinal, em especial no litoral das regiões Norte e Centro. Pequena descida da temperatura máxima nas regiões do interior.