Evora

Três estudantes da Universidade de Évora criam protótipo Diy Closet

Regional 18 Dez. 2019

Inês Carvalho, Maria Inês Romero e Tiago Ferro, estudantes do terceiro ano da licenciatura em Gestão da Universidade de Évora (UÉ), desenvolveram a Diy Closet (Do It Yourself Closet), o protótipo de uma aplicação de telemóvel que visa customizar roupa à medida e receberam, no passado dia 10 dezembro, o Prémio EI-GAITEC-SANTANDER, atríbuido anualmente ao melhor trabalho de Empreendedorismo e Inovação.

A ideia surgiu no âmbito da unidade curricular de Empreendedorismo e Inovação, cadeira integrada no plano de estudos do segundo ano da licenciatura em Gestão, na qual foi proposto à turma a criação de uma ideia de negócio inovadora, à qual os três estudantes corresponderam criando a aplicação Diy Closet, uma forma de procurar solução para um problema que consideravam comum a todos, principalmente aos mais jovens: imaginar e desejar peças de roupa que depois em realidade não se encontram nem em lojas físicas nem na internet. Neste sentido, os três estudantes desenvolveram a Diy Closet, uma aplicação que permite ao utilizador criar a sua própria roupa, desenhando-a a seu gosto e à medida, jogando com variadas peças, tecidos e ferramentas. Assim, criam-se peças únicas e exclusivas totalmente ao gosto pessoal do utilizador, através da ajuda de um software. O objetivo principal do projeto é permitir que os consumidores possam vestir aquilo que gostam, mas de forma personalizada e diferente dos restantes.

Rui Quaresma, professor da UÉ que leciona a cadeira de Empreendedorismo e Inovação desde o ano letivo 2008/2009, destaca a importância destes projetos na medida em que motivam os alunos “a pensar um problema e procurar uma solução para o mesmo”. Para Rui Quaresma, o objetivo desta cadeira é “incentivar os alunos a criar um modelo de negócio economicamente viável” através da elaboração de um projeto inovador. “Inovar também é pegar em coisas que já existem e aplica-las em novos contextos”, concluiu.

E porque se pretende que os jovens estudantes se desafiem a dar corpo às suas ideias, a UÉ recebeu um convite do programa Junior Achievement no ano letivo 2016/2017, com o intuito de motivar os estudantes da UÉ a levarem os seus projetos para o exterior da universidade. No ano letivo seguinte, este programa foi oficialmente introduzido na cadeira de Empreendedorismo e Inovação com a finalidade de dar uma oportunidade aos estudantes da UÉ de verem os seus projetos ser avaliados por um júri constituído por três profissionais da área. O programa Junior Achievement é uma iniciativa original dos Estados Unidos da América, mas que se foi espalhando pelos outros países do mundo, inclusive em Portugal, e a sua principal missão é criar jovens empreendedores e promover uma educação inovadora. No âmbito deste programa, os três estudantes foram selecionados para a final nacional que se realizou a 27 de maio de 2019 em Cascais, onde apresentaram a Diy Closet diante de um júri e onde puderam comparar a sua ideia inovadora com as melhores das restantes universidades portuguesas. 

Neste momento, a Diy Closet encontra-se ainda numa fase embrionária sendo apenas um protótipo, mas os três estudantes a cargo da invenção tencionam um dia vir a concretizar o projeto, tendo como objetivo que este seja adaptável aos diferentes dispositivos (smartphones, tablets, computadores) e sistemas operativos (IOS e Android).

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Dezembro 2020 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31