Borba

Última Hora: António Anselmo admite ser arguido no processo da derrocada da estrada de Borba,mas "não se demite"

Regional 20 Fev. 2020

No seguimento do comunicado emitido pelo Ministério Público, na quarta feira 19 de fevereiro, onde dava conta da constituição de 8 arguidos no processo da derrocada da estrada de Borba, sendo alguns deles decissores políticos locais, o autarca de Borba, António Anselmo convocou uma conferência de imprensa para esta quinta feira.

Durante a conferência de imprensa, o autarca assumiu-se como um dos arguidos, referindo que recebeu a notificação do Ministério Público no dia 19 de fevereio.

António Anselmo 'refugia-se' no segredo de justiça, referindo apenas que "irá estudar o processo para depois preparar os próximos passos". O autarca foi taxativo e afirmou "não me demito", considerando assim que tem condições para continuar a liderar a autarquia borbense.

Informações avançadas pela TVI, apontam para que o autarca esteja acusado de 5 crimes de homicídio, 1 por cada uma das vítimas da derrocada da estrada que ligava Borba a Vila Viçosa.

 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Março 2020 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31