Imprimir esta página

Evora

Um dos seis portugueses entre os cientistas climáticos mais influentes do mundo está no Alentejo

Regional 21 Abr. 2021

A Agência  Reuters elaborou um ranking com os mil cientistas climáticos mais influentes do mundo, informação divulgada através da publicação de uma lista com os principais cientistas do clima a nível mundial.

Segundo notícia avançada pela Revista Sábado, foi criado um sistema para identificar e pontuar estes mil académicos, em função da sua influência.

Neste ranking estão seis portugueses e o primeiro a parecer, na 57ª posição, é Miguel Bastos Araújo, da Universidade de Évora.

Entre os portugueses que marcam presença neste ranking surge logo a seguir, ocupando o 441.º lugar, Ricardo Machado Trigo, da Universidade de Lisboa.

Seguem-se Rui Rosa (671.º) da Universidade de Lisboa, João Andrade Santos (887.º) da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, Fausto Miguel Cereja Seixas Freire (929.º) e Amadeu Mortágua Velho Maia Soares (976.º).

Nesta lista encontram-se os cientistas que estão a ter maior impacto no debate sobre as alterações climáticas. Através da sua publicação, a Reuters dá a conhecer estes cientistas.

Conforme refere a revista Sábado, para identificar dos cientistas mais influentes, a Reuters tem em conta diversos fatores, entre eles a dimensão dos trabalhos/ensaios publicados sobre alterações climáticas, o rácio de citação e o alcance de um trabalho junto da opinião pública,

Foto/Créditos: Universidade de Évora