Evora

Universidade de Évora integra Centro UNESCO para formar cientistas dos países de língua portuguesa

Universidade de Évora integra Centro UNESCO para formar cientistas dos países de língua portuguesa
Publicado em Regional 29 julho, 2019

A Universidade de Évora assinou com mais três Instituições de Ensino Superior nacionais um contrato de Consórcio de Escolas de Ciências Agrárias (CECA) e é por esta via que integra, a partir da mesma data, o Centro LP, um Centro Unesco de categoria 2 que visa estimular a formação de docentes e investigadores dos países de língua portuguesa.

Para além da academia alentejana, o Consórcio reúne a Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, o Instituto Superior de Agronomia da Universidade de Lisboa e o Instituto Politécnico de Bragança em torno de uma plataforma de discussão e partilha na área das ciências e tecnologias agrárias, em sentido abrangente (incluindo agricultura, florestas, produtos alimentares e produtos naturais, recursos biológicos e ambientais, biodiversidade e serviços de ecossistema). O objetivo é contribuir proactivamente para o desenvolvimento das Ciências Agrárias, nomeadamente nos Países de Língua Portuguesa, tendo em vista o incremento da formação superior e avançada, da investigação e inovação e o desenvolvimento de sociedades baseadas no conhecimento.

O Ciência LP assume uma estrutura de consórcio de I&D entre a Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT), o Consórcio de Escolas de Ciências Agrárias (CECA) e o Consórcio de Escolas de Engenharia (CEE) de Portugal, (entre outros que se possam vir a constituir, incluindo em Países de Língua Portuguesa), de um modo a garantir o desenvolvimento e financiamento sustentável de uma rede de colaboração efetiva nesses países, com polos dinamizadores em Portugal e eventualmente noutras localizações.

Na sessão de assinatura dos contratos que criaram o CL, o CECA e o CEE, que teve lugar no Teatro Thalia, no dia 24 de julho, Manuel Heitor, Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior avançou que “o programa pretende apoiar 40 bolsas de doutoramento e quatro investigadores, num esforço de 750 mil euros por ano (…) para esta dupla função de formar e capacitar as instituições científicas”. 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Agosto 2019 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 31