Evora

Universidade de Évora reforça posição na investigação com 185 candidaturas submetidas à FCT

Regional 02 Jun. 2020

A Universidade de Évora (UÉ) apresentou recentemente 185 candidaturas no âmbito do Concurso FCT Projetos IC&DT em todos os Domínios Científicos, um número que demonstra a vitalidade da academia eborense, “e o empenho dos investigadores que ano após ano têm submetido maior número de candidaturas a programas nacionais e internacionais de grande qualidade” sublinha António Candeias, Vice-reitor para a Investigação e Desenvolvimento da UÉ.

Das 185 candidaturas submetidas à FCT, 108 são lideradas pela Universidade de Évora enquanto que 77 surge como entidade parceira. O Instituto Mediterrâneo para a Agricultura, Ambiente e Desenvolvimento (MED) foi a Unidade de Investigação da UÉ que maior número de candidaturas a projetos submeteu nesta chamada da FCT (55), seguindo-se o Laboratório HERCULES com 29 candidaturas e o Instituto de Ciências da Terra (ICT), polo da UÉ, com 18.

Para além destes, foram ainda submetidas duas candidaturas à 2ª Edição do RESEARCH 4 COVID-19 FCT/AICIB2 por parte de Investigadores da UÉ. Coordenado por Carlos Alberto da Silva, Professor do Departamento de Sociologia, o projeto “3S+: Saúde, Segurança e Solidariedade no mundo pandémico e pós-COVID 19. O caso do suporte social e de saúde às pessoas com deficiência” pretende estudar os problemas de suporte social e de saúde às pessoas com deficiência, através da metodologia de diagnóstico prospetivo. A equipa do projeto procura ainda estudar as tendências do agir dos atores sociais face aos fatores de risco nas pessoas com deficiência submetidas no confinamento e pós-confinamento nas Regiões do Alentejo e Algarve, e identificar os fatores críticos que afetam a segurança e a qualidade das práticas institucionais e dos cuidadores às pessoas com deficiência.

Já o projeto “SNS24 Scout+” coordenado por Paulo Quaresma, Professor do Departamento de Informática, é uma extensão do projecto FCT SNS24 Scout, que aplica técnicas de aprendizagem automática e de processamento de Língua Natural para analisar em tempo real as chamadas telefónicas da linha SNS24. Com o Scout+ serão criados novos modelos de classificação automática das chamadas, de forma a considerar as alterações aos protocolos efetuadas pela DGS devido ao covid-19. Serão, ainda, criados mecanismos de alerta automático, por região, para potenciais reincidências do COVID-19.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Julho 2020 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31