21 outubro, 2019
Augusta Serrano
Ecos da Planura
09:00-11:00

Evora

Universitários de Évora com dificuldades no alojamento devido à escassez e “valores bastante elevados” (c/som)

Publicado em Regional 12 setembro, 2018

Mais de mil novos alunos ficaram colocados na Universidade de Évora, significando isto que a academia alentejana teve um aumento de 2,5% de novos alunos colocados na 1.ª fase do concurso nacional de acesso ao ensino superior, face ao ano passado.

Embora as colocações tenham aumentado, em questões de alojamento já não é bem assim, o “valor e a fraca quantidade de alojamento” têm dificultado a procura de quartos, explicou Ana Rita Silva, presidente da Associação Académica da Universidade de Évora (AAUE).

No entanto, Évora não foge à regra, está “como todo o país”, disse a dirigente académica, indicando que o mercado de arrendamento está, por estes dias, “bastante reduzido e o que há tem valores bastante elevados”.

Comparativamente ao ano passado “o número de casas é menos de metade e o número de vagas em Évora aumentou”, muito à custa do turismo, admitindo que o mercado de arrendamento “ficou virado para o alojamento local”, explicou.

Numa altura em que os estudantes fazem a matrícula na academia alentejana, a Associação Académica procura “auxiliar em tudo o que é a sua integração e vivência”, para isso os académicos “trabalham com a Universidade na questão das residências” e efetuaram “uma recolha de anúncios de casas na internet para dispor aos estudantes”, que por esta altura está muito reduzida.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Outubro 2019 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31