15 Ago. 2022
Augusta Serrano;
Firmamento da Noite
22:00-04:00

Vinhos do Alentejo rumam até ao Reino Unido para apresentar programa de produção sustentável

Regional Escrito por  19 maio 2022

A Comissão Vitivinícola Regional Alentejana (CVRA) vai levar o Programa de Sustentabilidade dos Vinhos do Alentejo (PSVA) até Londres, pela primeira vez, para dar a conhecer a certificação que detém, que é única em Portugal e que garante que os vinhos produzidos na região do Alentejo cumprem práticas ambiental, social e economicamente mais sustentáveis.  

Com esta apresentação a opinion leaders, jornalistas e agentes económicos, a CVRA pretende consolidar a sua posição estratégica no Reino Unido, com especial destaque para a valorização do preço médio do vinho, e cativar consumidores cujas preocupações ambientais fazem parte das variáveis de decisão de compra.

O mercado inglês foi dos destinos de exportação dos Vinhos do Alentejo que mais se destacou nos últimos dois anos, no qual se registou um crescimento 171% em valor e 155% em volume.

“Há cada vez mais mercados onde os consumidores estão atentos e despertos para o modo como os vinhos são produzidos. Por isso, é fundamental que o nosso programa seja cada vez mais reconhecido nos mercados para os quais exportamos”, explica Francisco Mateus, presidente da CVRA, relembrando que os Vinhos do Alentejo exportam cerca de 30% da sua produção.

A certificação está a ser cada vez mais valorizada e funciona como uma garantia, aos olhos do consumidor e dos mercados estratégicos, de que a produção vitivinícola pode ser parte da solução e não do problema quando o assunto é as alterações climáticas.

Recorde-se que PSVA é uma iniciativa que nasceu em 2015, e que coloca a região do Alentejo como pioneira na implementação de medidas de agricultura sustentável. Já em 2020, a CVRA lançou selo de certificação de produção sustentável que, até ao momento se mantém como único em Portugal.

A escolha de castas mais resilientes; a implementação de práticas agrícolas que potenciam a proteção dos solos e a promoção da biodiversidade; o uso eficiente de energia e de água; o recurso a energias renováveis, e a materiais mais sustentáveis na embalagem dos produtos; assim como iniciativas de responsabilidade social que envolvem, não só os colaboradores, mas também a comunidade local, são alguns dos requisitos de certificação fundamentais para a atribuição desta certificação.

“A verdadeira sustentabilidade da produção incorpora três fatores com a mesma ordem de importância: o ambiental, o económico e o social. O que é o mesmo que dizer, o planeta, as pessoas e o progresso, uma vez que estes eixos estão interligados e são indissociáveis quando o assunto é sustentabilidade”, relembra João Barroso, responsável pelo PSVA.

Atualmente, o PSVA conta já com 513 membros, que representam 47% da área de vinha plantada no Alentejo, e com 10 produtores certificados. Até ao final do ano, a região vitivinícola conta ultrapassar a barreira dos 20 produtores certificados.

Fonte: Nota de Imprensa

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Agosto 2022 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31