Portalegre

14 milhões de euros para nova Escola da GNR de Portalegre “é o maior investimento individualizado da Lei de Programação”, diz Ministro (c/som e fotos)

Publicado em Reportagens 14 dezembro, 2018

Foi assinado esta sexta-feira (14 de dezembro) em Portalegre, um protocolo com vista à construção das novas instalações do Centro de Formação e Comando Territorial de Portalegre da GNR, Secretaria Geral da Administração Interna, pela Câmara Municipal de Portalegre e pela GNR.

O Ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, destaca que o centro surge como “o maior investimento individualizado em infraestruturas de toda a Lei de Programação […] na área das forças e serviços de segurança” em 2017.

Com o projeto ainda em elaboração “a avaliação preliminar aponta, para um investimento de 14 milhões de euros, com a dotação orçamental garantida”.

“Este é o maior investimento individualizado da Lei de Programação”

 

O governante aponta “o sentido político desse investimento estar em Portalegre” em detrimentos de zonas que normalmente recebem estes grandes investimentos.

Esta nova infraestrutura, destaca ainda, “é uma peça essencial” no âmbito da estratégia de criação de Centro de Coordenação Policial e Aduaneira permanente e coordenador ibérico, no Caia.

Tenente General Luís Botelho Miguel, Comandante Geral da GNR, disse que “o atual centro de formação de Portalegre […] encontra-se ultrapassado”.

Este investimento “faz todo o sentido” considerando que a aposta na formação se traduz numa valorização “do serviço de qualidade” prestado ao cidadão, “apostando no recurso mais valioso da guarda”, os seus militares.

“O atual Centro de Formação de Portalegre encontra-se ultrapassado”

 

Este espaço deverá caraterizar-se “pela modernidade, funcionalidade e adaptada aos exigentes modelos dos dias de hoje”, equipado com equipamentos e detentor de espaços “fundamentais à boa precursão dos planos curriculares”.

Adelaide Teixeira, presidente da Câmara Municipal de Portalegre, afirma que as atuais “instalações do Centro de Formação da GNR não são as mais apropriadas”, não constituindo “uma vantagem no papel educativo e pedagógico que a instituição merece”.

O histórico Mosteiro de São Bernardo, onde o centro de formação opera desde 1985, “não apresenta condições funcionais condicentes com as necessidades operacionais de uma força de segurança”.

A autarca congratula-se com a assinatura do protocolo com vista à celebração de contrato intra-administrativo para a construção das novas instalações para o centro de formação e comando territorial de Portalegre da GNR, infraestrutura anunciada desde 2007. Para a sua construção, a câmara disponibiliza um terreno de aproximadamente 28 hectares na zona industrial.

“Hoje congratulamo-nos, pois parece haver finalmente vontade política para que este projeto se concretize”

 

Adelaide Teixeira destaca a importância deste dia “para a sustentabilidade económica da região, reforço da coesão social e territorial e da segurança das populações e uma mais valia para aqueles que usufruem destes serviços e para a criação de empregos direitos e indiretos”.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Julho 2019 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31