Alandroal

Alandroal inicia obras para filtragem da água em Santiago Maior. Autarca afirma que “em agosto, a população sentirá as melhorias”. Veja as fotos (c/som)

Publicado em Reportagens 18 julho, 2019

Já iniciaram as obras de instalação de sistema de filtragem nas captações da Palha (Herdade da Palha), em Santiago Maior, Alandroal, visando terminar os problemas de turvação da água de abastecimento público. A obra resulta de um esforço conjunto entre as Águas de Lisboa e Vale do Tejo e o Município de Alandroal, entidades que marcaram o início das obras com uma visita ao local, esta quinta-feira (18 de julho).

João Grilo, presidente da Câmara Municipal de Alandroal, afirma à RC que esta obra “vem resolver um problema crónico, de muitos anos, que precisava urgentemente” de solução.

O novo sistema de filtragem nas captações de água traduz-se num “investimento acima dos 50 mil euros” que “representa uma aposta na qualidade que temos que levar à casa das pessoas”.

A “obra abastece a freguesia de Santiago Maior, a segunda maior do concelho e que tem mais de 40% da população do concelho”.

Estando o avanço da obra, há algum tempo dependente do município, este tem vindo a “dar alguns passos para que a empresa Águas do Vale do Tejo pudesse realizar esta obra”, sendo que a empresa demonstrou o “máximo emprenho em entrar em obras” assim que foi possível.

“No início de agosto, a população de Santiago Maior poderá começar a sentir em casa as melhorias que resultam desta intervenção”
João Grilo

A conclusão da obra está prevista para o início de agosto, “em cerca de 2 semanas”. A intervenção não implicará “muita obra no local”, mas sim a articulação de equipamentos.

Questionado sobre a importância da conclusão da obra antes do final do verão, o autarca afirma que é “fundamental”, uma vez que se trata da estação “mais difícil para conseguir toda a água necessária”.

 

Para Barnabé Pisco, administrador da Águas do Vale do Tejo, a empresa tem vindo “a tentar resolver parte dos problemas de abastecimento de água”, tanto em quantidade como em qualidade.

O administrador considera que a obra da Herdade da Palha em Santiago Maior “é inserida na componente da qualidade”.

 “Queremos melhorar a qualidade da água, queremos colocar na torneira dos clientes uma água ótima”
Barnabé Pisco

A Águas do Vale do Tejo em parceria com a EPAL “tem incentivado ao consumo da água da torneira”, o que para Barnabé Pisco “só é possível se garantirmos que nas torneiras corre uma água de excelente qualidade”.

A obra na Herdade da Palha “é uma obra que queremos inserir na excelência da qualidade das águas”.

Barnabé Pisco refere aos nossos microfones que “a obra consiste numa correção ao nível do tratamento”, acrescentando que “a água ao ser captada tem as suas características naturais, que muitas vezes têm de ser corrigidas para a tornar de excelente qualidade”.

O administrado concluí que a obra na Herdade da palha “é fundamentalmente e só uma obra de tratamento de água”.

 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Agosto 2019 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 31