CM pretende englobar na candidatura de Évora a Capital Europeia da Cultura todo o Alentejo

Reportagens 31 Jan. 2020

Em declarações à agência Lusa, o presidente da Câmara de Évora, Carlos Pinto de Sá, revela que a Candidatura da cidade de Évora a Capital Europeia da Cultura 2027 quer marcar a diferença através da identidade cultural alentejana e pretende agregar toda a região.

Apesar das candidaturas se apresentarem por cidades, os promotores desejam que esta não seja vista só como a candidatura de Évora, mas sim de todo o Alentejo. Neste momento já existe um conjunto de câmaras a participar no projeto, mais especificamente, os municípios que integram a Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central (CIMAC).

Nesta candidatura espera-se que exista um foco naquilo que são tradições culturais do território, as suas potencialidades e a capacidade de densificar área cultural. Desta forma, algumas das metas são a atração de artistas, criadores e organizações para trabalharem na área da Cultura e a ligação desta com outras áreas como as ciências, tecnologia e ambiente. Foi revelado que cerca de 50 personalidades de instituições, artistas e de áreas da cultura de toda região serão ouvidas.

O presidente revelou que o ano 2020 é um ano decisivo para a elaboração formal da candidatura, sendo que para além de Évora outras cidades como Leiria, Aveiro, Faro, Viana do Castelo, Coimbra, Braga, Guarda e Oeiras já apresentaram também candidatura.

O anúncio da candidatura de Évora foi feito há cerca de um ano, em 2019, e a decisão final será tomada por parte dos países até quatro anos antes do ano de 2027.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Maio 2020 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31