Evora

Concerto de Ano Novo “é um sinal que damos ao distrito de Évora, de união” entre a S.S., IPSS, Misericórdias e Mutualidades, diz José Ramalho (c/som e fotos)

Reportagens 05 Jan. 2019

Decorreu esta sexta-feira (4 de janeiro), em Évora, o Concerto de Ano Novo da Comissão Distrital de Cooperação de Évora, com atuação do Grupo Sharish Esemble (Reguengos de Monsaraz) e a Mezzo-Soprano Diana Santos, com direção musical de João Defeza

A Comissão compreende o Centro Distrital de Segurança Social (S.S.) de Évora, União Distrital das IPSS (Instituições Particulares de Solidariedade Social), Secretariado Distrital da União das Misericórdias e o Secretariado Distrital da União das Mutualidades.

Em declarações a esta estação emissora, José Ramalho, diretor do Centro Distrital de Segurança Social de Évora, afirma que “não há melhor maneira de começar 2019 do que com música […] partilhada com quem trabalhou connosco”.

Este concerto “é um traço de união” e reflete o desejo de trazer para o ano que agora se inicia, “música, alegria, paz, muito amor”.

“Começarmos com um concerto de ano novo é um sinal de união que damos ao distrito”

 

Questionado sobre projetos para a Segurança Social em 2019, o dirigente “perspetiva que será um bom ano para o distrito de Évora” em matéria das CLDS (Contratos Locais de Desenvolvimento Social).

Tiago Albarroado, presidente da Direção da União Distrital das IPSS de Évora, descreve à RC este concerto, como um “reflexo da grande unidade” entre IPSS e Centro Distrital da Segurança Social. 

Concerto de Ano Novo “reflete espírito de unidade entre todos”

 

Para o ano de 2019, perspetiva a continuação de trabalhos em parceria com a Segurança Social, sendo um ano de aposta “ao nível da formação das instituições e dos técnicos da S.S.”

José Calixto, presidente da Câmara Municipal de Reguengos de Monsaraz, entidade que apoiou o evento, afirma à RC que existe no concelho “uma cultura musical que apoiamos regularmente”.

A atuação do Grupo Sharish Esemble em Évora, “representa paz neste início do ano” assim como a “mais de uma centena de músicos que temos em Reguengos de Monsaraz”.

Reguengos de Monsaraz tem “músicos de exceção, que estão em todas as bandas militares e em grandes projetos musicais por esse país fora”

 

Os resultados alcançados pelos músicos do concelho, refletem o trabalho desenvolvido pela autarquia em prol de uma comunidade não só com qualidade de vida, mas também com “um nível cultural elevado”, conclui.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Dezembro 2019 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31