Portalegre

Escola da GNR em Portalegre é “fundamental para que o interior do país se mantenha vivo e se revitalize”, diz primeiro-ministro António Costa (c/som e fotos)

Reportagens 27 Fev. 2018

O primeiro-ministro António Costa afirmou esta segunda-feira (26 de fevereiro) em Portalegre que a Escola de Formação da GNR naquela cidade é “fundamental para que todo o interior do país se mantenha vivo e se revitalize”.

António Costa, que falava aos jornalistas após visitar as instalações onde teve inicia o curso de 600 novos guardas, afirmou que “a presença da Guarda em Portalegre é essencial, não só a Portalegre, mas ao conjunto do território nacional e do seu desenvolvimento”.

Para o primeiro-ministro, o novo curso “é particularmente importante para o país” por que permite a pela inclusão de militares já formados no Grupo de Intervenção, Proteção e Socorro (GIPS) e no Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente (SEPNA, reconhecendo que os incêndios constituem “a maior ameaça à segurança interna que o país enfrenta, associada às alterações climáticas”.
“Os incêndios de verão previnem-se no Inverno”, afirmou o líder do executivo socialista, acrescentando que “é essencial que cada um cumpra as suas responsabilidades, as obrigações previstas na lei e proceda à limpeza dos matos”.

Segundo António Costa, a GNR já tem “preparado o seu dispositivo para a partir de 15 de março percorrer o país e verificar quem cumpre e quem não cumpre”, sustentando que “não está em causa pagar ou não pagar multas, mas sim contribuirmos para a segurança de todos”.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Outubro 2021 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31