Estremoz: “Quando o lençol é curto, puxa-se mais para os que não são contra a câmara”, diz Luís Mourinha na tomada de posse

Reportagens 21 Out. 2013

Os Paços do Concelho de Estremoz, recebeu centenas de pessoas, no passado Sábado,19 de outubro, para tomada de posse dos Titulares dos Órgãos Autárquicos.

Luís Filipe Mourinha, o presidente eleito pelo Movimento Independente por Estremoz (Mietz), com 51,35% dos votos, uma renovação de mandato que em 2009 obteve a vitória com 3 mandatos e passando a 5 mandatos, que confirmam “a votação expressiva dos estremocenses”, como saliente o edil.

Á Rádio Campanário, Luís Filipe Mourinha, diz “estar preocupado com a Lei 75/2013 que o coloca num túnel que é um caminho desconhecido”, dizendo mesmo que “a Lei pode mesmo acabar por não deixar os presidentes serem presidente de câmara, mas sim funcionários públicos, diretores de serviços, a gerir uma câmara”.

{play}http://radiocampanario.com/sons/tomadaposseetz_mourinha_21out.MP3{/play}

Nuno Rato, sobre a sua tomada de posse como presidente da Assembleia Municipal, disse à Rádio Campanário, “querer construir pontes, para trabalhar com todos, porque Estremoz e os estremocenses precisam de todos, sem excepção”

{play}http://radiocampanario.com/sons/tomadaposseetz_nuno%20rato_21out.MP3{/play}

 

Empossado o Executivo Camarário, com 7 mandatos, 5 Mietz e 2 do PS, tomaram de seguida posse, todos os elementos que constituem a Assembleia Municipal, 11 deputados do Mietz, 6 do PS, 2 do PCP/PEV e 2 do PPD/PSD.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Janeiro 2020 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31