Imprimir esta página

Evora

Inaugurado projeto que torna acessíveis edifícios históricos da Univ. de Évora, diz reitora. A RC mostra-lhe as fotos (c/som)

Publicado em Reportagens 25 junho, 2019

Foi inaugurado esta terça-feira (25 de junho) na Universidade de Évora, o Projeto de Acessibilidades do Colégio do Espírito Santo, na presença da secretária de estado do Turismo, Ana Mendes Godinho.

A RC esteve presente e falou com a reitora Ana Costa Freitas, que explicou o projeto, avançando que se prevê que este seja estendido a outros edifícios históricos da Universidade.

Partindo de “uma preocupação que tinha não só para as pessoas que habitam o espaço todo os dias, como quem nos visita”, explica, foi feita uma candidatura “a uma linha de turismo acessível”.

“Para além de ter vantagem para quem nos visita, também tem vantagem para os alunos”
Ana Costa Freitas

Desta forma, o espaço dispõe agora de acessos para cadeiras de rodas, um elevador, sinalização para invisuais, “indicações em braile”, “áudio-guias com a descrição das salas em quatro línguas”, e uma app.

A história das salas, a tradução e locução nas várias línguas que o projeto contempla, foram feitas internamente, destaca.

A reitora destaca que o projeto, para além de trazer vantagens para os turistas, a quem os claustros já se encontravam abertos, “tem vantagem para os alunos” porque tratando-se de um edifício histórico, “é difícil de alterar”.