Vila Vicosa

Livro de António Espiga Pinto era apenas “para deixar aos filhos”, mas acabou por se torna num “roteiro” por Vila Viçosa, salienta o autor (c/som e fotos)

Reportagens 17 Set. 2018

No passado sábado (15 de setembro) a Pousada D. João IV, em Vila Viçosa, acolheu a apresentação do livro “Vila Viçosa, uma viagem de memórias”, da autoria de António Espiga Pinto.

À RC, o autor do livro, António Espiga Pinto, explica que a obra ali apresentada surgiu com a intenção de “fazer algo para deixar aos filhos”, o que acabou por se torna num “roteiro” por Vila Viçosa no qual as pessoas podem “ver as histórias se trouxerem o livro debaixo do braço”.

" As pessoas podem ver as histórias se trouxerem o livro debaixo do braço”

“Tem as memórias mas é um roteiro”, precisou o autor, esclarecendo que o livro “está conduzido de modo a que isso aconteça”, quer por Vila Viçosa, quer nas freguesias.

António Espiga Pinto confirmou ainda à RC a elaboração de um novo trabalho, embora sem divulgar muito sobre esta obra que “está na calha”, disse.

Também a esta estação emissora, o presidente do município de Vila Viçosa, Manuel Condenado, carateriza a obra como “uma viagem de memórias, de identidades e, de facto, é um livro muito bem conseguido”, referenciando a caraterização feita pelo próprio autor como “um roteiro da história de Vila Viçosa e da evolução em termos urbanísticos em muitas vertentes”.

o livro "poderá ser uma mais-valia” para a candidatura a Património da UNESCO

Numa parceria entre a Câmara Municipal e António Espiga Pinto, esta obra sobre a vila calipolense vem “enriquecer o património cultural de Vila Viçosa”, reconheceu Manuel Condena, considerando que “poderá ser uma mais-valia” para a candidatura a Património da UNESCO.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Julho 2020 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31