Estremoz

MiETZ lidera Freguesia de Estremoz por mais 4 anos. Tomada de posse decorreu esta segunda-feira (c/som e fotos)

Reportagens Escrito por  17 Out. 2017

Decorreu esta segunda-feira, dia 16 de outubro, a cerimónia de tomada de posse dos órgãos autárquicos da Junta da União de Freguesias de Estremoz (Santa Maria e Santo André).

Para o Executivo, o ato eleitoral do passado dia 1 de outubro, resultou na eleição de:

Presidente do Executivo – José Maria Ginga Ginja; 

Vogal – José António Carvalho da Silva, do MiETZ;

Vogal – Maria Antónia Carrapiço Miguéns, do MiETZ;

Vogal – Hélder João Galrito Cebola, do MiETZ;

Vogal – José Maria Marino Galego, do MiETZ.

Para a Assembleia de Freguesia, o ato eleitoral de 1 de outubro resultou na eleição de representantes maioritariamente do MiETZ, mas também do PS, PSD e CDU:

Presidente da Assembleia de Freguesia – Maria Helena Mourinha, do MiETZ;

Carla Sofia Patrícia Ramalho, do MiETZ;

Rosalina Maria Lopes Angelino, do MiETZ.

Na cerimónia de tomada de posse, José Maria Ginja (MiETZ), Presidente da Junta reeleito, em declarações à Rádio campanário, afirma tratar-se do início de “mais quatro anos de trabalho e dedicação”, em conjunto com a Assembleia de Freguesia.

Sendo de alguma forma uma continuação do trabalho desempenhado nos últimos quatro anos, declara que os projetos que prioriza passam, por exemplo, pela implementação de zonas verdes e de lazer nos bairros, que precisam “de muito trabalho”, e pelas escolas, área que descreve como a “menina dos meus olhos”, visando “trabalhar o mais que puder” com os estabelecimentos de ensino.

Na sua primeira vez a concorrer a um órgão autárquico, Maria Helena Mourinha (MiETZ) foi eleita Presidente da Assembleia da União de Freguesias de Estremoz (Santa Maria e Santo André). Em declarações à Rádio Campanário na cerimónia de tomada de posse, afirma ser o momento o “culminar de um processo eleitoral duro”.

Visa agora trabalhar em prol da população que lhes conferiu “a sua confiança e o seu voto político”.

Não registando “até agora […] nenhuma alteração ao regimento”, garante que os membros da Assembleia de Freguesia se encontram “em sintonia com a vontade do Presidente da Junta”.

O programa eleitoral apresentado pelos dois órgãos foi “comum”, pretendendo desta forma um trabalho conjunto para corresponder às propostas que levaram os eleitores a acreditar neles.

“Vamos trabalhar em prol do bem da freguesia”, conclui.

 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Outubro 2022 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31