Borba

“Nenhum clube do distrito conseguiu fazer na formação o que o Borbense está a fazer”, diz presidente da AFE (c/som e fotos)

Publicado em Reportagens 03 junho, 2019

O Sport Clube Borbense foi recebido na passada sexta-feira, 31 de maio, pelo executivo municipal no Salão Nobre dos Paços do Concelho da autarquia de Borba. A cerimónia antecipou a Gala ‘Somos Borbense’ que marca o terminar da temporada desportiva do clube.

Para o presidente do Sport Clube Borbense, Joaquim Trincheiras, a época foi de sucesso para o clube alentejano, uma vez que “os objetivos foram amplamente conseguidos”. Em destaque para o dirigente está o regresso futebol sénior e a subida à Elite da Associação de Futebol de Évora.

A juntar à temporada de sucesso no futebol sénior “há as conquistas no futebol de formação”, o presidente refere ainda o sentimento de alegria “dos nossos atletas pela época que fizeram”.

“Foi uma época de sucesso”
Joaquim Trincheiras

A Campanário questionou Joaquim Trincheiras sobre a eventual margem de progressão dos atletas, ao que o presidente refere “depende sempre deles”. Durante esta época mais de 200 atletas foram inscritos pelo Borbense, no entanto o presidente refere que “na próxima época não garanto que seja o mesmo”, acrescentando que “não há nada que obrigue o atleta a ficar, é sempre uma incógnita”.

Para o presidente da Associação de Futebol de Évora, António Pereira, “poucos clubes se podem orgulhar como o Borbense se orgulha, de uma pequena terra, ter todos os escalões e ter competido para vencer em todos eles”.

“Tem que se lhe tirar o chapéu, porque de facto o Borbense trabalhou muito”
António Pereira

O dirigente acrescenta ainda que “nenhum clube do distrito conseguiu fazer na formação o que o Borbense está a fazer”, acrescentando que “o futuro do Borbense está assegurado porque a formação é a base de tudo”.

Questionado sobre margem de progressão, António Pereira refere que pela primeira no distrito de Évora "tivemos 5 jogadores da formação a serem chamados a seleções nacionais”, acrescentando ainda que o Borbense "mais dia menos dia vai ter jogadores nas seleções nacionais porque trabalha para isso”.

Miguel Rasquinho, diretor regional do IPDJ Alentejo, destaca “a grande presença de jovens e de toda a população” na cerimónia que decorreu nos paços do concelho em Borba. O diretor adianta ainda que “o IPDJ tem algumas soluções para resolver os problemas dos clubes”.

“Temos de apoiar os clubes de base local, que movimentam tanta juventude”
Miguel Rasquinho

O diretor refere que “o Borbense vai no bom caminho”, acrescentando que “os resultados em todos os escalões falam por si”, destacando também “a ajuda dos país e famílias” sempre presentes na vida dos atletas.

Para Quintino Cordeiro, vice-presidente da autarquia borbense, “mais de 2 centenas de jovens que praticam desporto num concelho com 7500 habitantes é de louvar”.

“Estes atletas conseguem elevar o nome de Borba com as suas conquistas”
Quintino Cordeiro

O autarca destaca ainda “as taças e campeonatos ganhos”, acrescentando que “não podemos pedir mais a estes jovens”. Quintino Cordeiro refere ainda “apesar de respeitar todas as associações do concelho, o Borbense por tudo o que nos tem dado merece ainda mais consideração”.

 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Outubro 2019 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31