17 fevereiro, 2019
Augusta Serrano;
Firmamento da Noite
22:00-04:00

Campo Maior

Novadelta é “exemplo em soluções de gestão que melhorem a vida dos trabalhadores”, diz secretaria de estado (c/som e fotos)

Publicado em Reportagens 06 fevereiro, 2019

A Novadelta, unidade do Grupo Nabeiro responsável pela torrefação, empacotamento e comercialização de café, recebeu, esta terça-feira, 5 de fevereiro, o certificado para a Área da Conciliação que atesta a importância e a gestão entre a vida profissional, familiar e pessoal, atribuído pela Bureau Veritas, entidade líder mundial nos processos de conformidade e certificação. 

Na cerimónia de entrega do Diploma da Certificação da Conciliação, a Secretária de Estado para Cidadania e a Igualdade (SECI), Rosa Monteiro, afirma que é “muito importante que a Novadelta tenha sido a primeira empresa a certificar-se", pois “permite ser uma empresa bandeira e dar o exemplo de como estas preocupações têm de ser materializadas em soluções de gestão que melhorem a vida dos seus trabalhadores”. 

Tecido empresarial “deve ter esta ligação fundamental com a comunidade” 
Rosa Monteiro

 

Segundo a governante, nessa solução de gestão, os colaboradores “não são só trabalhadores numa empresa”, mas sim “elementos de uma família, indivíduos que têm a sua vida pessoal, as suas necessidades de formação e de usufruir de tempos livres”. 

Nesse sentido, “deve haver esta ligação fundamental com a comunidade”, que a empresa do Grupo Nabeiro tem sido exemplo, procurando “uma visão integrada e sistêmica de como é que as empresas têm de adotar práticas de responsabilidade social que promovam o bem-estar da sociedade em que se inserem”, ao mesmo tempo que “emitam uma mensagem positiva e de compromisso para a sociedade em geral”, acrescentou Rosa Monteiro. 

Para o presidente do Grupo Nabeiro – Delta Cafés, Rui Nabeiro, os prémios “todos têm muita importância, mas há prémio que tocam em nós”, referindo que é o caso desta homenagem que premeia o percurso da gestão da empresa, a “pensar em mim, mas antes, nos outros”, acrescentou. 

“Para chegar a este ponto, há momentos em que a pessoa treme” 
Rui Nabeiro

À RC, Rui Nabeiro recorda que começou “com três empregados reformados”, hoje conta mais de 3500 colaboradores em todo o país, e “para chegar a este ponto, há momentos em que a pessoa treme”.  

Perante as adversidades e com a saída de alguns colaborados quando os resultados não eram os esperados, como recorda o Comendador Rui Nabeiro, foi forçado a “não desistir”, uma pequena frase que virou “o lema da empresa”, sublinhou. 

 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Fevereiro 2019 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28