Evora

“O novo Hospital Central do Alentejo e a expansão da ferrovia são os principais investimentos para a região no Orçamento 2020”, diz Ana Catarina Mendes (c/som e fotos)

Reportagens 17 Fev. 2020

Decorreu no passado sábado, 15 de fevereiro, em Évora a sessão PS Presta Contas.

A Rádio Campanário esteve presente e falou com Ana Catarina Mendes, líder parlamentar do Partido Socialista.

Ana Catarina Mendes começa por referir que “as contas estão certas”, lembrando “a aprovação do Orçamento do Estado”.

Para a líder parlamentar o PS pretende “dar visibilidade a cada um dos territórios, enquanto coloca o Orçamento ao serviço das populações”.

No caso do distrito de Évora, Ana Catarina Mendes destaca “a construção do novo Hospital Central do Alentejo e a expansão da ferrovia”.

“O novo Hospital Central do Alentejo e a expansão da ferrovia são os principais investimentos para o Alentejo”
Ana Catarina Mendes 

 

A líder parlamentar considera que “estes investimentos simbolizam a importância que damos ao Serviço Nacional de Saúde e ao investimento em todo o nosso território”.

A socialista afirma que “após 4 anos em que repomos rendimentos, direitos e recuperámos salários, a nossa prioridade passa por continuar a aprofundar o estado social, a melhorar os serviços e o investimento público”.

Para Luís Capoulas Santos, deputado eleito pelo PS no círculo eleitoral de Évora, “estamos no início de uma legislatura depois de termos cumprido um dos principais passos, que foi a aprovação do Orçamento do Estado”.

O parlamentar considera que “este Orçamento foi aprovado em tempo recorde”, acrescentando que “as coisas correram da melhor forma, principalmente quando não temos maioria”.

Capoulas Santos explica que “vamos agora passar para a fase da execução, que é ainda mais importante que a sua aprovação”, acrescentando que “esta reunião passa um pouco por fazer o balanço de todo este processo”.

“São necessárias contas sãs e um país com credibilidade externa”
Capoulas Santos 

 

O deputado refere que esta reunião “serve também para perspetivar o futuro imediato do PS, num momento em que o país teve boas notícias, uma vez que, o crescimento do PIB ultrapassou as melhores expetativas”.

Capoulas Santos considera que “se não criarmos riqueza não a podemos distribuir, logo, se queremos melhorar as condições de vida dos portugueses, temos de gerar riqueza”.

Relativamente ao distrito de Évora, Capoulas Santos afirma que “o Orçamento correu bem, as principais prioridades estão contempladas, surgindo o Hospital Central do Alentejo como a principal medida”.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Abril 2020 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30