Estremoz

Secretário de Estado da Defesa Nacional, Marcos Perestrello, inaugurou Residência São Nuno de Santa Maria da Liga dos Combatentes, em Estremoz (c/som e fotos)

Publicado em Reportagens 07 março, 2017

A cerimónia de inauguração da Residência de São Nuno de Santa Maria da Liga dos Combatentes decorreu esta manha, em Estremoz, tendo sido presidida pelo Secretário de Estado Marcos Perestrello e pelo Presidente da Câmara Municipal de Estremoz, Luís Mourinha.

O Secretário de Estado considera a infraestrutura, o resultado de uma longa batalha, que contou com a colaboração de diversas identidades, com a participação de fundos europeus e com o apoio da Câmara Municipal através da cedência do terreno.

A Liga dos Combatentes foi fundada após a 1a Guerra e conta com muitos anos de trabalho, assentando bastante no trabalho voluntário dos dirigentes, em apoios do Estado e em receitas próprias geradas.

Apesar das dificuldades de orçamento, o Estado tem vindo a apoiar a liga, dirigindo recursos que esta tem conseguido gerir.

Acrescenta que este lar tem importância para o concelho na medida em que a população se encontra tendencialmente envelhecida e com maior esperança de vida, proporcionada pelos constantes progressos na medicina. As 63 camas que de início se acreditavam excessivas encontram-se preenchidas e com fila de espera.

Apesar desta necessidade, existem apenas duas estruturas do género e não existem, de momento, verbas para uma terceira nem para ampliação das existentes.

O Presidente da Câmara, por sua vez, vê com orgulho a consecução desta meta que resultou de um processo difícil, mas que apenas “tornou a vitória mais saborosa”. Além de gerar emprego, reconhece aqueles que prestaram serviço à pátria e que por vezes, acredita, são marginalizados.

Descreve esta infraestrutura como um complemento ao âmbito militar da cidade que é uma referência com o Regime de Cavalaria nº3, Dragões de Olivença.

Para completar a área social do concelho de Estremoz, o Presidente Luís Mourinha julga serem necessárias unidades que facultem apoio às famílias nos cuidados continuados na área da Geriatria, tanto ao nível domiciliário como na criação de unidades de recuperação.

O Presidente lamenta que o Governo, apesar de se ter vindo a interessar pela região, não tenha dirigido ainda as atenções para Estremoz. Mas acredita que o sonho que tem para o concelho será possível de alcançar com o empenho de todas as entidades parceiras envolvidas.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Outubro 2019 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31