Vila Vicosa

Vila Viçosa celebrou os 40 anos de Convívios Fraternos com “uma semente de profundo amor de Deus” nos jovens, afirmou o Arcebispo de Évora (c/som e fotos)

Publicado em Reportagens 30 dezembro, 2018

Decorreu em Vila Viçosa, entre os dias 26 e 29 de dezembro, o Convívio Fraterno número 1372, que assinalou os 40 anos do movimento na Diocese de Évora. Para marcar a data comemorativa, o encerramento deste Convívio Fraterno, que decorreu na Igreja de S. Bartolomeu, contou com a participação do Arcebispo de Évora, D. Francisco José Senra Coelho, este sábado, que em declarações à Campanário afirmou que estes encontros são “uma semente, uma mensagem, de profundo amor de Deus”.

D. Francisco José Senra Coelho afirma ainda que o maior impacto destes convívios na vida dos jovens que participam “é a descoberta, a partir de um encontro com Cristo, do seu próprio valor” e “ao mesmo tempo descobrir também o valor dos outros”, para “ajudar o mundo a ser feliz”.

Este “é um encontro muito forte com o amor”, numa “experiência tão marcante, que voltamos a ela muitas vezes, sobretudo nos momentos mais importantes da vida”, afirma o Arcebispo de Évora.

Por seu turno, o Padre Manuel José, um dos pais da iniciativa em Évora, afirma que “quarenta anos é muito tempo e passa de pressa, sobretudo quando se vive entusiasmado”. Algo que, neste caso em especial, “transforma o coração e a mente” ao mesmo tempo que nos dá “uma alegria e um entusiasmo que não encontramos em mais ninguém”.

O pároco afirma que “hoje encontro adultos, pais de novos convivas, que vivem o mesmo entusiasmo” do primeiro dia que participaram, o de “chegar ao fim de três dias e dizer “posso ser feliz”.

"O convívio é uma experiência muito forte no coração de um jovem, porque não está ainda preparado para uma experiência tão forte", continua, onde se faz uma perspetiva da vida onde lhes são apresentados “novos alicerces”, por isso “a experiência nunca mais se esquece”.

Duarte Caeiro, de Mourão, um dos jovens que participaram no convívio afirma que a missão passa por “meter o que aprendemos aqui em prática, nos próximos dias e no resto da nossa vida”. Uma experiencia que o ajudou a “encontrar Jesus” e que “acho que vai mudar o resto da minha vida”.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Março 2019 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31