20.9 C
Vila Viçosa
Sexta-feira, Maio 24, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

“A Caixa Agrícola do Alentejo Central está a crescer e isso permite-nos ajudar as Associações e a Região” diz Luís Madruga(c/som)

A Caixa de Crédito Agrícola do Alentejo Central, é uma Instituição de Crédito que está implementada na Região há muitos anos, um percurso que lhe permitiu desenvolver uma relação de proximidade com os seus clientes, mas também com todos os agentes dos locais onde se faz representar, nomeadamente com as Associações Humanitárias dos Bombeiros Voluntárias do Alentejo Central.

Consciente das dificuldades que as corporações dos Bombeiros atravessam nos dias de hoje, a Caixa de Crédito Agrícola do Alentejo Central apoiou recentemente nove Associações de Bombeiros do Alentejo central com a atribuição de um donativo e mais recentemente, tal como a Rádio Campanário noticiou, apoiou os Bombeiros de Vila Viçosa na aquisição de uma viatura de socorro, com 10 mil euros.

Na apresentação pública desta viatura, a Rádio campanário falou com Luís Madruga, Administrador da Caixa de Crédito Agrícola do Alentejo Central , sobre o apoio da Instituição aos Bombeiros do Alentejo. O Administrador da Instituição de Crédito começou por nos referir que “no total, foram apoiadas nove Associações de Bombeiros num valor de 90 mil euros, com um donativo de 10 mil euros para cada uma, para além dos restantes apoios que a Instituição dá a todas as associações desportivas, culturais e recreativas. ” O responsável entende que esta colaboração é essencial “no sentido de desenvolver e de dinamizar o nosso Alentejo”.

No que diz respeito aos resultados da instituição na região, Luís Madruga realça “felizmente nós temos crescido imenso, conseguimos ultrapassar todas as dificuldades que houve nomeadamente em termos da Pandemia, apoiámos as famílias nesses momentos difíceis, fizemos inúmeras alterações aos contratos no âmbito da subida das taxas de juro; fizemos um esforço para estar junto dos clientes e ainda assim ter margem para apoiar as Associações.”

Questionado pela Rádio Campanário sobre o que, em termos de oferta, diferencia a Caixa de Crédito Agrícola do Alentejo Central das restantes Instituições Bancárias, o Administrador sublinhou “nós continuamos a acreditar, e é por isso que temos crescido, que a proximidade, a facilidade de contacto, a rapidez na decisão e a panóplia de serviços que temos para oferecer, têm feito a diferença” destacando que “o cliente quando entra no crédito agrícola tem soluções bancárias, seguradoras e até técnicas, como é o caso da agricultura onde dispomos de técnicos qualificados que ajudam na elaboração das candidaturas , subsídios e projetos, ou seja, temos uma espécie de supermercado de oferta e achamos que é essa mais valia que o cliente, próximo da sua área de residência e de atividade, valoriza e que nós conseguimos ter em todos os concelhos.”

Populares