25.4 C
Vila Viçosa
Quinta-feira, Maio 30, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

A Delegação do Sul da Liga Portuguesa Contra o Cancro apela à solidariedade dos Alentejanos e volta a apelar ao rastreio (c/som)

A Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC) assinala, esta sexta-feira (30 de Outubro), o Dia Internacional da Prevenção do Cancro da Mama, com o peditório nacional a favor da organização não-governamental, que irá decorrer até segunda feira, sensibilizando a população para a importância desta causa. Durante quatro dias, os voluntários vão estar presentes nos centros comerciais, igrejas, cemitérios, centros históricos supermercados.

Em Portugal, o cancro da mama tem uma grande incidência e uma elevada taxa de mortalidade, atualmente, com uma população feminina de aproximadamente 5 milhões surgem 4.500 novos casos de cancro da mama por ano, o que equivale a 11 novos casos por dia, vitimizando por dia 4 mulheres com esta doença.

Em entrevista à Rádio Campanário a Responsável pelo Nucleo Regional do Sul da LPCC, Sofia Cabrita, afirma que “felizmente o valor da angariação de fundos tem vindo a aumentar, nos últimos anos, mesmo em tempos de crise o povo português continua a ser um exemplo de solidariedade sendo que reconhece o nosso trabalho e acredita em nós.”

Questionada sobre um eventual estigma na sociedada, Sofia Cabrita, garante que “há casa vez menos, mas ainda há, principalmente nas populações menos informadas e com menor grau de escolaridade”. Deixa ainda um apelo “interpretem os sinais do vosso corpo, façam o rastreio, façam a mamografia de dois em dois anos e não tenham medo de procurar um médico.”

Populares