26.5 C
Vila Viçosa
Sábado, Junho 15, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

“A EDIA quer ser um referência na energia renovável e contribuir para que seja acessível a todos” diz José Pedro Salema (c/som)

Decorreu hoje, dia 17 de março, no Auditório da EDP, 5.ª Assembleia Participativa no âmbito dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

A Rádio Campanário esteve presente e falou com José Pedro Salema, presidente da EDIA, sobre as expectativas desta assembleia: “Espero uma oportunidade para partilhar algumas ideias e para aprender alguma coisa também com a partilha dos outros. Estamos aqui hoje a dedicar-nos a um dos objetivos do desenvolvimento sustentável das Nações Unidas, principalmente o SET, o objetivo da energia renovável e acessível a todos, e no fundo, perceber um pouco o que é que o país está a fazer e o que é que pode ainda fazer para alcançar esse Éden de energia renovável e acessível a todos”, começou por dizer o presidente da EDIA.

Questionado sobre as preocupações a colocar em cima da mesa, José Pedro Salema referiu que “A EDIA tem a visão de ser uma referência na energia renovável, produzindo toda a energia que necessita para o seu sistema de distribuição de água, e é o maior consumidor de eletricidade em Portugal, do setor público, consome mais que qualquer outro Ministério. Isto acontece porque necessita de alimentar muitas bombas e empurrar a água por uma rede que tem mais de dois mil quilómetros de extensão e, é esse sistema que queremos alimentar com centrais fotovoltaicas essencialmente e, especialmente flutuantes, para não ocupar terra que pode ter outras utilizações”.

“Garanto que o projeto da EDIA não vai ter críticos, porque não vai afetar áreas que tenham outras utilizações, principalmente turísticas. As estações elevatórias estão longe dos olhares dos turistas, portanto não vamos ter esse problema. Vamos utilizar espaços planos de água que não são acessíveis ao público e que não têm outras utilizações”, acrescentou.

Populares