18 C
Vila Viçosa
Terça-feira, Abril 16, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

A história de encantar “Quebra-Nozes”, encantou centenas de elvenses, no primeiro dia do mês da magia natalícia (c/som e fotos)

A dar inicio ao mês de dezembro, o mês da magia do Natal, o bailado “Quebra-Nozes” entrou em palco no Cine-Teatro de Elvas, no domingo, pelas 18h numa interpretação da Russian Classic Ballet e organização da Câmara Municipal.

A peça conta a história de uma menina que sonha com um príncipe Quebra-Nozes e baseado no conto de E.T.A. Hoffmann, “O quebra-nozes e o rei dos ratos”. A história deste bailado decorre na Alemanha, em casa do respeitável juiz Stahlbaum, na noite de Natal. O casal e seus filhos – Clara, Luisa e Fritz – recebem a visita dos seus familiares, entre os quais o velho Drosselmayer, um solteirão excêntrico e amante da magia. Este traz a Clara um presente muito especial: um Quebra-nozes de madeira.

Fascinada com o seu novo brinquedo, a menina adormece abraçada a ele. A meio noite, Clara acorda: os brinquedos ganharam vida e está a ser perseguida por um exército de ratos. Desencadeia-se então uma batalha entre os ratos e os soldados, liderados pelo Quebra-nozes. Vencido o exército dos ratos, Clara e o seu Quebra-nozes empreendem uma caçada ao Rei dos ratos no Pais das Neves e em outros lugares mágicos, onde vivem extraordinárias aventuras. Por fim, Clara desperta em sua casa junto ao seu boneco.

A Rádio Campanário acompanhou o espetáculo, que encantou as centenas de presentes, e como nos disse o Presidente da Câmara Municipal, Nuno Mocinha, “ser mais uma grande expressão cultural da cidade de Elvas, porque se mais sala houvesse, mais resposta teria, um bem-haja a este público que responde afirmativamente e nos incentiva a fazer mais para os elvenses, nos mostra que o investimento é uma boa aposta”. Nuno Mocinha, explicou que “conjuntamente com aquilo que é o movimento cultural de Elvas, vários investimentos, nesta época natalícia, possibilitam a dinamização da economia local, é um investimento e não uma despesa, é a forma que a câmara de Elvas encontra para dar a mão amiga aos empresários locais.”

{play}http://radiocampanario.com/sons/mocinha_bailado_2dez.mp3{/play}

Este bailado, estava integrado nas Comemorações dos 500 anos de Elevação a Cidade e do primeiro aniversário da Classificação de Elvas como Património Mundial, uma aposta da Autarquia na cultural, Russian Classic Ballet, uma companhia composta por um elenco de bailarinos graduados pelas mais conceituadas escolas coreográficas russas.

Populares