18 C
Vila Viçosa
Terça-feira, Abril 16, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

“A Sr.ª Ministra deve pensar que está noutro país qualquer”, diz Nuno Mocinha

A Câmara Municipal de Elvas vai apresentar, às entidades competentes, uma providência cautelar para tentar impedir a entrada em vigor da medida que prevê o aumento do preço do tratamento de lixo para 2013. A decisão foi tomada pela Ministra da Agricultura, do Mar, do Ambiente e do Ordenamento do Território, que calcula um aumento da tarifa de 15 por cento em relação ao ano transato, ou seja, 31,16 euros por tonelada de resíduos tratados. A autarquia elvense foi informada da decisão no passado dia 21 de fevereiro, pela empresa Valnor, que é a responsável pela recolha e tratamento de lixo no Alto Alentejo.

À Rádio Campanário, o vice-presidente da autarquia raiana, Nuno Mocinha, referiu que o aumento não se coaduna com a realidade portuguesa e por isso serão encetadas as ações necessárias para evitar a tomada de decisão do Governo Central. Na opinião do autarca, a ação tem em vista preparar uma futura privatização da empresa gestora.

{saudioplayer}http://radiocampanario.com/sons/cm%20elvas%20lixo_16marco.MP3{/saudioplayer}

Os municípios da área de intervenção da Valnor detêm 49 por cento do capital da empresa, sendo que os restantes 51 por cento estão na posse da Empresa Geral de Fomento.

Populares