30.4 C
Vila Viçosa
Sexta-feira, Maio 24, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Alandroal alinha Estratégia Local com objetivos para o Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas!

O município de Alandroal assinou protocolos para orientar a sua estratégia de desenvolvimento local e a sua ação diária enquanto entidade contratante com os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) propostos pelas Nações Unidas para que a humanidade encontre o equilíbrio entre o desenvolvimento e a sustentabilidade futura do planeta e para um mundo mais equilibrado e justo.

O município pretende, assim, implementar a Agenda 2030 das Nações Unidas por considerar que se trata de um fator de melhoria da qualidade de vida dos munícipes, de alinhamento com a Comunidade Internacional, com a União Europeia e o governo português, bem como de acréscimo da competitividade económica geral do concelho, a nível empresarial, turístico, de acessibilidades e de atração de talentos.

Os dezassete ODS das Nações Unidas são: 1. Erradicar a pobreza; 2. Erradicar a fome; 3. Saúde de qualidade; 4. Educação de qualidade; 5. Igualdade de género; 6. Água potável e saneamento; 7. Energias Renováveis e Acessíveis; 8. Trabalho digno e crescimento económico; 9. Industria, inovação e infraestruturas; 10. Reduzir as desigualdades; 11. Cidades e Comunidades sustentáveis; 12. Produção e consumo sustentáveis; 13. Ação climática; 14. Proteger a vida marinha; 15. Proteger a vida terrestre; 16. Paz, justiça e instituições eficazes e 17. Parcerias para a implementação dos objetivos.

Os documentos firmados com a UNA Portugal, Associação das Nações Unidas em Portugal e com a Associação Portuguesa de Ética Empresarial (APEE) vão permitir o desenvolvimento de uma cultura interna virada para os ODS e para as compras sustentáveis através da formação de dirigentes, coordenadores e trabalhadores e ações de envolvimento das juntas de freguesia e dos munícipes.

“Queremos desenvolver uma cultura interna de alinhamento dos nossos projetos e iniciativas com estes objetivos, saber em cada momento quais aqueles em que já demos ou estamos a dar passos significativos e quais aqueles em que temos que trabalhar mais e ainda comunicar de forma contínua com os munícipes, envolvendo-os no processo”, afirma o presidente da autarquia, João Grilo, e conclui: “Em alguns destes objetivos já temos trabalho em curso significativo e reconhecido, temos que ir mais longe em todos eles”

Populares