12.6 C
Vila Viçosa
Terça-feira, Maio 21, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Alentejo: Autoridades detetam mais de meia centena de estrangeiros a trabalhar ilegalmente

Nos últimos dias do mês de maio, o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) e a Guarda Nacional Republicana (GNR), realizaram uma ação conjunta no Baixo Alentejo, tendo sido encontrados numa exploração de mirtilos, numa outra de pecuária e num pomar de laranjas, 25 trabalhadores não declarados e 29 em situação de cedência ilegal de mão-de-obra.

Segundo a informação que a Rádio Campanário conseguiu recolher, os inspetores do Trabalho identificaram, na exploração de mirtilos, 137 trabalhadores, dos quais 29 eram tailandeses e 118 nepaleses, referenciados como estando “ao serviço de dois prestadores de serviços, sendo que os trabalhadores tailandeses encontravam “na totalidade numa situação de cedência ilegal de mão-de-obra”, dado que a empresa de trabalho temporário prestadora do serviço “não possuía o respetivo alvará”.

No que diz respeito à exploração pecuária foram detetados quatro trabalhadores ilegais, enquanto no pomar foram detetados 21 trabalhadores de nacionalidade romena, a laborarem ilegalmente.

Populares