23.7 C
Vila Viçosa
Sexta-feira, Abril 19, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Alto Alentejo apresenta menor preço mediano de venda de alojamentos

portugal-live.net

O preço mediano de alojamentos familiares transacionados em Portugal aumentou 7,6% no primeiro trimestre, face ao mesmo período de 2022, para 1.565 euros por metro quadrado (m2), segundo o Instituto Nacional de Estatística (INE).

Este valor representa um crescimento 4,3% face ao quarto trimestre de 2022, ainda que a variação tenha sido inferior à registada nesse trimestre (10,7%).

De acordo com o INE, citado pela Lusa, “No período em análise, o Algarve (2.609 euros/m2 e +16,6%), a Área Metropolitana de Lisboa (2.288 euros/m2 e +15,2%), e a Área Metropolitana do Porto (1.728 euros/m2 e +11,1%) registaram, simultaneamente, valores medianos de habitação e taxas de variação homóloga superiores aos do país”, refere o instituto estatístico, que acrescenta que o valor mediano da Região Autónoma da Madeira “também foi superior ao nacional (1.697 euros/m2 ), embora a taxa de variação homóloga (+7,0%), tenha sido inferior”.

Estas três sub-regiões foram aquelas que apresentaram preços medianos da habitação mais altos.

Segundo a Lusa, o INE destaca ainda as NUTS III da Lezíria do Tejo (17,5%), Leiria (15,9%) e Cávado (15,6%) apresentaram taxas de variação dos preços medianos homólogas superiores a 15%, enquanto as sub-regiões Beira Baixa (-13,5%), Baixo Alentejo (-13,3%), Viseu Dão Lafões (-6,5%), Terras de Trás-os-Montes (-2,8%) e Alto Tâmega (-2,6%) “registaram diminuições homólogas dos preços da habitação no 1.º trimestre de 2023”.

O Alto Alentejo, tal como em trimestres anteriores, é a região que apresenta o menor preço mediano de venda de alojamentos familiares, estando nos 526 euros por metro quadrado.

 

Fonte: Lusa

 

Populares