18.2 C
Vila Viçosa
Terça-feira, Junho 18, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Atenção ao telemóvel: Convocatória para vacina covid é feita por mensagem pelo número 2424

O presidente dos Serviços Partilhados do Ministério da Saúde (SPMS), Luís Goes Pinheiro, explicou hoje que foi feito um levantamento das pessoas com mais 80 de anos e das pessoas com 50 anos a 79 que sofrem de doença coronária, insuficiência cardíaca ou renal ou doença pulmonar obstrutiva crónica, e que por isso integram grupos de risco.

Trata-se de cerca de 900 mil pessoas que serão vacinadas nesta fase e que vão ser convocadas para a vacinação, através de mensagem no telemóvel.

O SMS “vai ser a modalidade preferencial de convocatória das pessoas destes grupos, sempre que haja informação no sistema que permita esse contacto”, explicou Luís Goes Pinheiro, conforme notícia avançada pela TVI 24.

Luis Pinheiro adiantou ainda que é “um processo que pela sua complexidade e novidade está a ser testado”. Começaram  por ser convocados os utentes da região de Lisboa e depois do Norte, e estão agora a ser convocados os utentes das regiões do Centro e Algarve, abrangendo todas as regiões do País.

As primeiras administrações de vacinas, convocadas por esta via, começarão a partir de quarta-feira.

Assim, a mensagem enviada indicará a informação da data e local do agendamento da vacinação, pedindo que a pessoa responda sim ou não.

Se a pessoa responder SIM, o agendamento fica confirmado.

Se a pessoa responder NÃO ou NÃO RESPONDER no prazo que é dado, irá receber um novo SMS com uma nova proposta de data, a que deverá responder sim ou não.

No caso de o utente NÃO DAR QUALQUER RESPOSTA, a pessoa ficara registada para contacto posterior pelo centro de saúde por SMS ou por outra via, como por exemplo o contacto telefónico ou, não havendo outra possiblidade, será enviada uma carta, que é gerada automaticamente pelo sistema de informação das unidades de saúde familiar.

Para AS PESSOAS QUE RESPONDEREM  SIM, na véspera do dia agendado, os utentes receberão um SMS a lembrá-los que têm o agendamento da vacinação para o dia seguinte, com a informação da hora e do local.

As vacinas poderão ser administradas nos centros de saúde ou noutros locais, que estão a ser adaptados para o efeito. É por isso muito importante que as pessoas leiam com atenção as informações que estão no SMS.

As segundas doses são agendadas no momento da primeira toma, em concordância com o utente, que depois receberá um SMS com a informação (seguindo-se um processo semelhante ao da primeira dose).

 

Populares