21.5 C
Vila Viçosa
Terça-feira, Maio 28, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Barragem do Caia “vai fazer duas descargas para libertar cerca de 30 m3 por segundo” diz Luís Rodrigues(c/som)

 

 

A chuva que tem caído desde o início de dezembro reverteu a situação de seca em que o País se encontrava e um pouco por todo o continente as barragens continuam a encher.

Tal como a Rádio Campanário noticiou já esta manhã, a Barragem do Caia não é excepção e, de acordo com os dados atualizados na página oficial da Associação dos Beneficiários do Caia, à data de hoje, 9 de janeiro, a barragem já ultrapassou os 97% da sua capacidade de armazenamento.

Segundo a informação disponibilizada pela Associação de Beneficiários do Caia, a cota da barragem é de 232,49 metros ao dia de hoje, segunda-feira. Atualmente a barragem tem um volume de água 184,5 milhões de metros cúbicos de água.

A Rádio Campanário falou com Luís Rodrigues da Associação de Beneficiários do Caia sobre a possibilidade de serem efetuadas descargas nesta Barragem, dentro de pouco tempo.

Luís Rodrigues começou por nos referir “a Barragem do caia apresenta já neste momento u volume considerável “ acrescentando “vamos começar a fazer descargas no dia de amanhã, terça-feira”.

Luís Rodrigues explica ainda que serão “descargas controladas ,ou seja, não serão descargas de fundo, uma vez que o volume que debita a descarga de fundo é um volume considerável, 60

metros cúbicos por segundo, o que poderá trazer algum constrangimento a jusante da Barragem.”

Com as duas descargas previstas para amanhã, a Associação de Beneficiários do caia refere “vamos tentar debitar metade desse volume com as duas comportas de superfície de maneira a que consigamos baixar um pouco o nível da barragem para ter algum encaixe numa precipitação que possa ocorrer.”

Questionado se está ponderada a realização de alguma descarga de fundo, Luís Rodrigues esclarece “a descarga de fundo debita 60 metros cúbicos por segundo, as duas comportas de superfície debitam 460 pelo que não é com a descarga de fundo que se consegue controlar o volume da barragem.”

A este propósito Luís Rodrigues explica ainda que “a descarga de fundo tem a sua funcionalidade mas com um volume muito mais reduzido.”

Os Agricultores do Perímetro de rega da Albufeira do Caia já foram informados destas descargas ”há cerca de dez dias” tendo-lhes sido pedido que “retirassem os seus bens da linha de água e junto à linha de água.”

Luís Rodrigues conclui referindo que “neste momento a água que vai ser libertada, calcula-se que não irá causar nenhum estrago a jusante da Barragem.”

Pelas previsões apontadas pela Associação de Beneficiários do Caia, com estas descargas prevê-se libertar “entre os 25 e os 30 metros cúbicos por segundo.”

Recorde-se que a cota máxima atingida nesta Barragem, em 2013, foi o momento em que a barragem atingiu um volume de 192 milhões de m3 de água.

 

Populares