18 C
Vila Viçosa
Terça-feira, Abril 16, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Beja: Recluso ofende juiz e ameaça guarda prisional depois de ter sido condenado a mais de 7 anos de prisão!

Um rcluso ofendeu juiz no Tribunal de Beja e ameaçou um guarda prisional. 

“És um fuinhas, um fuinhas. Pensas que és mais homem do que eu” foram algumas das ofensas dirigidas ao juiz por um recluso contra o presidente do Coletivo de Juízes do Tribunal de Beja, que o condenara a 7 anos e 6 meses por um crime de tráfico de estupefacientes agravado, quando este abandonava a sala.

De acordo com a notícia avançada pelo lidador Notícias, Quando o magistrado justificou que a versão dos factos apresentada pelo arguido não merecia qualquer credibilidade e que a droga se destinava a ser vendida a outros reclusos, já tinha gritado: “sete anos e meio ? Isso não é nada, são trocos. Sê quiseres podes dar mais. Estás preocupado ? Eu não estou”, atirou quando o juiz lia o acórdão.

O individuo teve sempre um comportamento muito agressivo contra os guardas prisionais que testemunham contra ele, tendo sido retirado da sala por três vezes  chegando a ameaçar  de morte um deles dizendo-lhe: “limpo-te o sebo mesmo aqui no tribunal”.

Bruno Bento, de 38 anos, de Reguengos de Monsaraz, foi julgado na companhia de Luís Imaginário, de 40 anos, de Mora, que foi condenado a 5 anos e 8 meses de prisão, por terem sido apanhados por guarda prisionais no interior do Estabelecimento Prisional de Beja (EPBeja), a esconder embalagens com haxixe, arremessadas do exterior.

Leia a notícia completa em Lidador Notícias

 

Populares