25.9 C
Vila Viçosa
Domingo, Maio 26, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Câmara de Vila Viçosa apresenta proposta de desagrado contra Associação Bencatel Jovem (c/som)

A Câmara Municipal de Vila Viçosa, na reunião do dia 8 de abril, apresentou uma proposta de “manifesto desagrado perante a irresponsabilidade e perante a postura” da Associação Bencatel Jovem para com a Câmara Municipal de Vila Viçosa.

A informação foi avançada à Rádio Campanário, durante o programa Boletim informativo desta semana, pela vereadora da Cultura, Ana Rocha.

A autarca explica que no mês de fevereiro elaborou vários ofícios e os enviou para todas as associações do concelho, solicitando pronunciação relativamente às Comemorações do 25 de Abril, e respetivo contributo, tendo a Associação Bencatel Jovem disponibilizando-se a organizar a atividade “Colors of Liberty”. No entanto e segundo Ana Rocha, depois de elaborado o programa, a associação bencatelense enviou um ofício a Câmara Municipal a demarcar-se das comemorações, alegando que o município calipolense autorizou e apoiou no mesmo dia e para a mesma hora uma outra festa organizada por particulares, e que devido a essa situação, “a festa organizada pela associação não iria ter a afluência esperada e podiam ter prejuízo, e sendo assim a associação decidiu alterar o evento para o dia 9 de maio de 2015”, alterando o nome da atividade.

Ana Rocha salienta que a Câmara Municipal limitou-se a licenciar “uma festa particular de três bares de Vila Viçosa que se juntaram entre eles e decidiram fazer num espaço situado no Parque Industrial”, vincando que “a câmara não apoia, faz o que é obrigatório fazer que é licenciar se todas as condições estiverem reunidas”.

“Se o objetivo é a associação ter alguma criação de receita, só por si, isso já não me parece muito correto, porque estamos a falar de iniciativas abertas à população, não poderemos considerar estar a colocar a criação de receita para a associação numa iniciativa, neste caso concreto”, refere.

A vereadora diz ainda que apenas uma vez por ano é solicitada uma colaboração às associações, “de um universo de mais de 50 associações no concelho, apenas 11 responderam, as restantes além de não participarem nas Comemorações do 25 de Abril, não enviaram sequer uma resposta à Câmara Municipal”.

Ana Rocha diz perceber que as associações “vivam com dificuldades, a câmara também as sente, mas a leitura que faço é que não fiquei satisfeita com o número de respostas que tive, porque as restantes iniciativas que as associações fazem são candidatadas à Câmara Municipal e são apoiadas monetariamente pela Câmara Municipal, uma vez por ano a câmara pede apoio às associações gratuitamente para uma festa que é para toda a população e não posso ficar de forma nenhuma satisfeita com a resposta de 11 associações apenas e não posso ficar satisfeita com a não resposta sequer das restantes”.

Populares