17 C
Vila Viçosa
Domingo, Julho 21, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Campo Maior: “Esta oficina conta com 800 crianças;estamos a garantir a futuro das Festas do Povo e da arte do papel” diz Vereadora São Silveirinha(c/som)

A Câmara Municipal de Campo Maior está a desenvolver, no Centro Escolar Comendador Rui Nabeiro (CERN), uma Oficina da Flor de Papel e da Pandeireta.

Esta iniciativa tem como principal objetivo preservar a arte de trabalhar o papel, arte identificativa desta vila raiana, e ao mesmo tempo garantir a continuidade das Festas do Povo.

A Rádio Campanário falou com a Vereadora da Autarquia de Campo Maior, Encarnação Silveirinha, a propósito desta iniciativa e do seu propósito.

A Autarca começou por nos referir “ a ideia de implementar esta oficina da Flor de papel e da pandeireta junto das nossas crianças surgiu logo no início deste mandato porque consideramos de extrema importância incutir às nossas crianças e aos nossos jovens o gosto por esta arte tão nobre.”

A Vereadora explica ainda que se esta já era uma preocupação, com a elevação das Festas do Povo a Património da Unesco, essa necessidade é ainda mais premente. A Vereadora esclarece ainda que “com este selo a fasquia ficou ainda mais elevada e nós enquanto executivo temos o dever de assegurar a continuidade desta arte pelas gerações mais novas.”

A oficina tem estado a decorrer de forma muito positiva, explicando que “há dez monitoras do Município de que vão todas as semanas às escolas, pelas várias salas de aula,e as crianças estão a aderir e a gostar imenso.”

Este projeto abrange , como nos refere “800 crianças, dos 3 aos 11 anos, o que é muito significativo.”

Questionada pela RC se 2023 será ano de regresso das Festas do Povo, a Vereadora explica que “ a questão está a ser analisada e que no momento oportuno a Autarquia irá pronunciar-se sobre o assunto.”

Populares