20.9 C
Vila Viçosa
Sexta-feira, Maio 24, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Carlos Pinto de Sá: Mudamos o espaço da feira para que o «Templo» pudesse brilhar em todo o seu esplendor/fotos

Hoje, sábado, 13 de abril, foi inaugurada a Feira do Livro em Évora, um evento que contou com a presença do presidente da Câmara Municipal de Évora, Dr. Carlos Pinto de Sá. A Feira, que decorre ao ar livre no Largo Conde Vila Flor junto ao templo romano, é um dos destaques culturais da cidade e está integrada nas celebrações do 25 de Abril.

O presidente da Câmara, ao microfone da Rádio Campanário, mostrou entusiasmo com a realização deste evento: “Sem dúvida, a Feira do Livro é já um evento tradicional em Évora, temos vindo a procurar melhorá-la. Este ano, fizemos um investimento nos pavilhões, com uma cor que se adequa ao local onde está, e abrimos a feira para que o Templo Romano pudesse surgir em todo o seu esplendor.”

Além da apresentação de livros, a Feira do Livro é concebida como um evento cultural amplo, que inclui várias atividades e celebrações, como a homenagem aos 100 anos do livro de Francisco Cabelo e uma lembrança ao falecido Luís Carmel. “Vamos ter aqui o professor Galopim de Carvalho. Portanto, é um conjunto de eventos que destacam não apenas personalidades, mas também questões importantes para a cultura,” afirmou o Dr. Carlos Pinto de Sá.

Este ano, a feira expandiu-se para incluir espetáculos culturais que estendem até as freguesias rurais, visando abranger todo o concelho. “Temos aqui 14 expositores, mais um do que no ano passado, e várias outras instituições que apresentam propostas, nomeadamente nos espaços que citei,” explicou.

O investimento nos pavilhões é parte de uma estratégia para elevar a qualidade e a apresentação da Feira do Livro nos próximos anos, especialmente já em preparação para Évora ser a Cidade Europeia da Cultura em 2027. “Fizemos um investimento nos pavilhões, no sentido de, nos próximos anos, termos pavilhões que tenham a dignidade que a feira exige e que possam apresentar-se dignamente em 2027,” afirmou Carlos Pinto de Sá.

A Feira do Livro de Évora é, assim, um reflexo do compromisso contínuo da cidade com a cultura e com o enriquecimento da sua população e visitantes, servindo como um ponto de encontro vital para entusiastas de livros e cultura de toda a região.

Populares