28.7 C
Vila Viçosa
Domingo, Maio 26, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

CM de Reguengos de Monsaraz alerta a população sobre situação epidemiológica da Peste Suína Africana na Europa

A situação epidemiológica da Peste Suína Africana (PSA) na Europa, continua a agravar-se devido à disseminação da doença a novas áreas livres, com elevado número de focos em suínos domésticos e em javalis. Em 2022 até à presente data foram notificados na UE, 4274 focos em javalis e 246 em suínos domésticos.

A Direção Geral de Alimentação e Veterinária, atenta a esta evolução epidemiológica, alerta e solicita aos produtores, comerciantes, industriais, transportadores, caçadores, médicos veterinários e a quem lida com os efetivos de suínos e com as populações de javalis, para que sejam reforçadas as medidas preventivas abaixo indicadas:

  1. A correta aplicação das medidas de biossegurança nas explorações, nos centros de agrupamento e entrepostos;
  2. A apropriada aplicação das medidas de biossegurança nos transportes, nomeadamente no respeitante à limpeza e desinfeção dos veículos que transportam os animais;
  3. A adequada aplicação das boas práticas no ato da caça;
  4. A correta aplicação das medidas de biossegurança ao viajar para fora do país para caçar e com os troféus de caça oriundos de outros países;
  5. A proibição da alimentação de suínos com lavaduras (art.º 23.º Decreto-Lei n.º 143/2003 de 2 de julho) e com restos de cozinha e mesa, ou matérias que os contenham ou deles derivem (alínea b) art.º 11 do Regulamento (CE) n.º 1069/2009 de 21 de outubro);
  6. Não deixar restos de comida acessíveis a javalis, colocando-os sempre em caixotes de lixo protegidos dos animais selvagens;
  7. O adequado encaminhamento e destruição dos subprodutos animais em conformidade com o Regulamento (CE) n.º 1069/2009 de 21 de outubro.

Alertamos para a obrigatoriedade de todos os intervenientes de notificar qualquer ocorrência ou suspeita de PSA (art.º 3.º do Decreto-Lei n.º 267/2003 de 25 de outubro), aos serviços regionais e locais da DGAV (contactos em: www.dgav.pt/contatos).

Em caso de detetar javalis mortos em espaços naturais reportar a ocorrência na aplicação ANIMAS – Notificação Imediata de Mortalidade de Animais Selvagens acessível em animas.icnf.pt.

 

 

 

Consultar:

 

Folhetos informativos:

Fonte: CM Reguengos de Monsaraz

Populares