18.2 C
Vila Viçosa
Terça-feira, Junho 18, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Congresso Internacional sobre coroação de Nossa Senhora da Conceição adiado para 2022

Foi em 25 de março de 1646 que o rei D. João IV consagrou os «Seus Reinos e Senhorios» a Nossa Senhora da Conceição, representada esta numa escultura existente no Santuário de Nossa Senhora da Conceição de Vila Viçosa. Por “Provisão Régia”, Nossa Senhora foi proclamada a Padroeira de Portugal e, a partir de então, não mais os monarcas da Dinastia de Bragança voltaram a colocar a coroa real na cabeça.

Para assinalar este acontecimento, o Instituto da Padroeira de Portugal para os Estudos da Mariologia (IPPEM)tinha organizado para os dias 25 e 27 de março de 2021, um congresso, intitulado: “Mulher, Mãe e Rainha. Nos 375 anos da Coroação de Nossa Senhora da Conceição como Padroeira de Portugal”.

De acordo com a informação disponibilizada na página oficial do Instituto, o mesmo vai realizar-se apenas em 2022.

O Congresso, fixado para os dias 24 a 26 de março de 2022, decorrerá em Vila Viçosa e pretende ser um fórum de estudo abrangente, nas temáticas, nas visões e nas abordagens, esperando-se os diferentes contributos relativos aos estudos da Mariologia, da Teologia e da Bíblia; da Religiosidade Popular; das Associações de Fiéis e das Ordens Religiosas (impulsionadoras em tantos casos, da devoção à Virgem Maria); do Direito Canónico; da Antropologia e da Sociologia, da Arte e da História da Igreja; da História de Portugal e até da História Universal.

O congresso, para além de reunir os mais conhecedores e especialistas nas várias áreas do saber, está aberto à participação ativa de quantos queiram associar a sua investigação através de comunicações autopropostas. É inegável que o Povo português tem uma forte identidade mariana, que no Congresso melhor queremos conhecer, nos seus fundamentos e expressões.

Recorde-se que, tal como a Rádio Campanário noticiou, este congresso contará com a presença de vários investigadores de diferentes áreas de estudo e provenientes de diferentes academias, portuguesas e internacionais, de onde se destacam, para além das universidades portuguesas, várias academias e institutos do Vaticano.

 

Que todos os interessados se mobilizem. Esperamos contar com a presença e colaboração de todos quantos possam dar um contributo positivo à presente iniciativa.

Populares