34.8 C
Vila Viçosa
Segunda-feira, Junho 24, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

COVID-19: Doze bombeiros com resultados negativos no caso do médico da VMER de Beja

Doze operacionais dos Corpos de Bombeiros de Beja e Mértola tiveram testes negativos à COVID-19, segundo informação transmitida na manhã desta quinta-feira pelas autoridades de saúde, aos comandos das respetivas corporações.

A aguardar as notificações estavam nove elementos de Beja e três de Mértola, entre os quais o segundo comandante, que segundo apurou o Lidador Notícias (LN) já vão regressar amanhã ao serviço.

Por conhecer estão ainda os resultados dos testes de mais quatro operacionais dos Corpos de Bombeiros de Aljustrel e Serpa, que foram durante a manhã de hoje sujeitos a testes.

Fonte dos bombeiros disse ao LN que “os resultados retiram uma tremenda carga negativa de cima destas corporações. A surgir um caso positivo poderia significar o encerramento dos quartéis”, resumiu a nossa fonte.

O caso, como a RC já noticiou [ler aqui] foi espoletado no final da passada semana quando um médico, que entre outras funções, presta serviço na Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) do Hospital José Joaquim Fernandes, em Beja, deu resultado positivo aos testes de COVID-19. O clínico presta também serviço no Hospital de Cascais e no helicóptero do INEM estacionado em Évora.

Para além dos 16 bombeiros, estão também colocados em isolamento três enfermeiras, duas do Hospital de Beja que fazem serviço na VMER e uma de um lar em Serpa e ainda elementos do helicóptero do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) sediado em Évora, cujo número não foi divulgado.

Os testes aos quatro bombeiros de Aljustrel e Serpa deverão ser conhecidos amanhã, desconhecendo-se as situações das três enfermeiras e dos elementos da equipa do helicóptero do INEM sediado em Évora, tal como do médico por se tratar de um tarefeiro em todos os serviços.

Populares