20.9 C
Vila Viçosa
Sexta-feira, Maio 24, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Deputada Sónia Ramos fala sobre as medidas do Governo , em matéria fiscal, que vão além do plano inicial, na Rádio campanário(c/som)

A Deputada do PSD, Drª Sónia Ramos, na habitual revista de Imprensa, falou à Rádio Campanário sobre as medidas do Governo em matéria fiscal, que vão além do plano para não haver penalizações no IRS, entre outros temas.

A Deputada Social Democrata começou por nos referir a propósito destas medidas que “o PSD está a cumprir aquilo que foi o seu programa eleitoral” explicando que “já o ano passado o grupo Parlamentar do PSD tinha proposto um conjunto de medidas ao nível fiscal e que foram chumbadas pela maioria absoluta do PS.” Segundo afirma Sónia Ramos “estas medidas vão aliviar as famílias portuguesas da carga fiscal que é a maior de sempre pois antes de António Costa ela estava em 34% e quando Costa se demitiu estava em 38%; se há partido que carregou nos impostos diretos e indiretos foi de facto o PS que agora não se conforma com o facto do PSD estar a governar e querer de facto aliviar os impostos das famílias , dos jovens e sobretudo à classe média, mas também às empresas para que possam criar mais riqueza e emprego para que possam pagar melhores salários e fixar mais jovens.”

No que diz respeito ao Programa de Estabilidade , hoje apresentado pelo Governo no Parlamento, para apreciação da AR, a Deputada Sónia Ramos refere “seguramente não vai ser grande surpresa que o PS conteste este programa pois o Partido Socialista ainda não está conformado com a sua derrota e portanto irá aproveitar todos os momentos no Parlamento para fazer oposição” acrescentando “o que nós esperamos é uma oposição responsável que traga contributos e que queira ajudar a melhorar a vida das pessoas pois é para isso que os Governos são eleitos mas a oposição também tem essa obrigação.”

Por último, e relativamente ao processo de investigação que decorre visando o nome do Ministro Miguel Pinto Luz, Ministro das Infraestruturas e da Habitação, a Deputada Sónia Ramos realça “se o caso está em investigação os pormenores nem sequer são conhecidos portanto há apenas uma informação geral daquilo que levou à abertura do inquérito e portanto não vou comentar .”

Populares