8.7 C
Vila Viçosa
Quinta-feira, Fevereiro 22, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Desafio Hídrico: Proposta de Portugal e dos parceiros Europeus para superar a crise de água.

Uma proposta portuguesa, apoiada por Chipre, Hungria, Itália e Roménia, e que também conta com o respaldo de nações do norte europeu, foi defendida em Bruxelas pela ministra da agricultura, Maria do Céu Antunes. Esta terça-feira, argumentou a favor de uma estratégia para enfrentar a ameaça de falta de água. O plano, já endossado por outros quatro países e com apoio adicional, inclusive de capitais do norte da Europa, visa garantir a disponibilidade hídrica, utilizando tecnologias para gerir e diminuir o desperdício.

Durante uma reunião do conselho de agricultura, a ministra apresentou a iniciativa ‘ReWaterEU’. O documento procura alertar a Comissão Europeia sobre os impactos da seca, especialmente no setor agrícola.

Maria do Céu Antunes instou Bruxelas a dar prioridade ao assunto na agenda europeia, referido a importância de assegurar o abastecimento, armazenamento, distribuição e transporte de água para a agricultura. Esta proposta visa fortalecer a capacidade produtiva agrícola, assegurando a soberania alimentar da União Europeia e contribuindo para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

A iniciativa liderada por Portugal, com suporte de vários países, inclui também nações do centro e norte da Europa, como a Alemanha, reconhecendo que a questão da água afeta mais de metade dos Estados-Membros.

Maria do Céu Antunes também solicitou financiamento, pedindo que a Comissão Europeia combine recursos disponíveis, como fundos de coesão e estruturais, com investimento privado, visando um robusto pacote financeiro para o projeto.

O plano tem a importância do envolvimento dos cidadãos, inovação, conscientização e educação em engenharia hidráulica. A ministra espera financiar o projeto com uma mistura de fundos da União Europeia e investimentos privados.

Populares