34.8 C
Vila Viçosa
Quinta-feira, Julho 25, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Desemprego no Alentejo aumentou 4,4% face a Agosto deste ano

O desemprego no Alentejo aumentou face a Agosto deste ano e também em comparação com o período homólogo de 2022.

De acordo com os dados agora divulgados pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional, no fim do mês de setembro de 2023, estavam registados, nos Serviços de Emprego do Continente e Regiões Autónomas, 300 113 indivíduos desempregados, número que representa 66,1% de um total de 453 935 pedidos de emprego.
O total de desempregados registados no País foi superior ao verificado no mesmo mês de 2022 e no mês anterior.

A nível regional, no mês de setembro de 2023, com exceção dos Açores (-14,1%) e da Madeira (-27,6%), o desemprego aumentou em termos homólogos, com o valor mais acentuado na região do do Centro (+7,0%) e do Algarve (+6,8%).
Já em relação ao mês anterior, com exceção das regiões autónomas e da região de Lisboa e Vale do Tejo, a tendência é de aumento do desemprego com a maior variação a acontecer na região do Algarve (+9,6%) e do Alentejo (+4,4%).

Na região Alentejo, em setembro foram contabilizados 14 030 inscritos no Alentejo, mais 633 do que em setembro de 2022.

Face ao mês de Agosto, o desemprego no Alentejo subiu 4,4%. Já em relação a setembro de 2022, verificou-se uma subida de 4,7%.

Fonte: IEFP

Populares