8.2 C
Vila Viçosa
Domingo, Fevereiro 25, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

“É gratificante ver que ao fim de 6 décadas estamos tão perto de realizar o projeto da Barragem do Pisão”, diz Pres. CM do Crato (c/som)

O Conselho da Comunidade Intermunicipal do Alto Alentejo (CIMAA) aprovou recentemente, o lançamento do aguardado concurso público internacional para a Empreitada Geral de Construção das Infraestruturas Primárias de Regularização de Caudais do Aproveitamento Hidráulico de Fins Múltiplos do Crato (AHFM Crato) – popularmente conhecido como Barragem do Pisão. Este marco representa um passo crucial para a concretização deste projeto monumental, que há décadas se desenrola com altos e baixos, mas mantém uma relevância inabalável para a região e o país.

O presidente da Câmara Municipal do Crato, compartilhou a sua perspetiva sobre este momento histórico durante uma entrevista exclusiva. Enfatizando a importância da Barragem do Pisão como uma joia da região, ele destacou que este marco histórico não só assinala um pontapé de saída para a fase de concursos públicos, mas também atesta a resiliência e dedicação de todos os envolvidos no projeto.

“Nos últimos 3 anos, eu não faço mais nada senão Barragem do Pisão. Ganhou uma importância maior do que a organização da minha câmara, e isso também tem custos. É difícil gerir um projeto desta dimensão, gerir 120 milhões de euros, a caminhar para 150 milhões, é um desafio tremendo,” partilhou o presidente. Também reconheceu os desafios inerentes à gestão de um projeto de tal magnitude, mas enfatizou a gratificação de ver o projeto avançar para uma fase crucial.

A entrevista também revelou a longa trajetória do projeto Barragem do Pisão, marcada por décadas de avanços e recuos motivados por mudanças estratégicas. No entanto, esse processo nunca pôs em causa a importância central da barragem para a região do Alto Alentejo e para o país como um todo.

A Barragem do Pisão representa um projeto de aproveitamento hidráulico de fins múltiplos, incluindo não apenas a regularização de caudais, mas também a instalação de uma central hidroelétrica. A sua realização vem sendo aguardada há mais de seis décadas e, de acordo com o presidente da Câmara Municipal do Crato, este lançamento do concurso público internacional coloca o projeto mais próximo do que nunca de se tornar uma realidade.

Populares