40.4 C
Vila Viçosa
Terça-feira, Julho 23, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Entrevista: Os da Boina: Juventude e tradição do Cante Alentejano.

Estremoz – O grupo de jovens cantores “Os da Boina” tem conquistado a região do Alentejo com as suas interpretações vibrantes do Cante Alentejano. André Bernardo, porta-voz do grupo, partilhou a história e os objetivos destes jovens.

“Os da Boina, um grupo de amigos que gosta de cantar e representar o nosso Alentejo. Nós fizemos recentemente, no dia 21 de abril, apenas um ano. Começámos na escola secundária aqui em Estremoz e começámos a ter convites da Câmara Municipal e de várias festinhas aqui do nosso Alentejo e, não parámos até hoje,” explicou André Bernardo.

Atualmente, “Os da Boina” é composto por 14 elementos, embora nenhum deles seja originário de Estremoz. “Somos do concelho de Estremoz, somos de Veiros, onde temos a nossa sede agora, mas temos também rapazes de Evoramonte, de Monforte e dos Arcos,” disse André.

O grupo ensaia na Sociedade Filarmónica Veirense. “Estamos associados à Sociedade Filarmónica Veirense, é lá que ensaiamos e passamos as nossas tardes,” revelou André. A origem do grupo foi bastante espontânea. “Cantávamos na escola, os professores e auxiliares sugeriram que começássemos a cantar juntos. E assim foi.”

“Os da Boina” têm-se destacado não só pela sua juventude, mas também pela qualidade das suas vozes e pelo compromisso com a tradição do Cante Alentejano. “Claro que sim, porque nós estamos habituados, principalmente no Baixo Alentejo, são pessoas mais velhas. E foi um dos nossos grandes objetivos ser malta nova para continuar o Cante Alentejano,” sublinhou André.

O repertório do grupo baseia-se no Cancioneiro Alentejano, mas também é influenciado por sugestões de pessoas mais velhas. “Nós ouvimos… Somos mais baseados na música do Cante Alentejano lá de Baixo Alentejo. Mas as pessoas mais velhas nos vão dizendo, ‘Rapazes, porquê que não começam a cantar esta moda, aquela?’ E nós também já conhecíamos bastante.”

O sucesso do grupo tem levado “Os da Boina” a se apresentarem em diversas localidades, não apenas no Alentejo, mas também noutras regiões como o Ribatejo, e até na televisão. “Já temos ido ao Ribatejo também, já fomos à televisão duas vezes, mas é principalmente aqui na nossa zona, nas festinhas aqui do Alto Alentejo,” disse André.

Apesar de serem um grupo jovem, estão já a pensar no futuro e em gravar o seu primeiro trabalho. “Com o tempo e com a ajuda de alguém mais velho, esperamos arranjar originais nossos,” concluiu André Bernardo.

“Os da Boina” continuam a trazer nova vida ao Cante Alentejano, mantendo viva uma tradição que é Património Imaterial da Humanidade e que representa a alma do Alentejo.

Viva o Cante Alentejano e viva o nosso Alentejo!

Populares