23.2 C
Vila Viçosa
Domingo, Abril 14, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Escolas do Alentejo com 5% de alunos de Nacionalidade Estrangeira 

Nos últimos anos o número de alunos de nacionalidade estrangeira a frequentarem as escolas portuguesas tem aumentado nos últimos anos.

Os dados são agora revelados pelo relatório “Estado da Educação 2022”, divulgado esta terça-feira  pelo Conselho Nacional da Educação (CNE).

No ano letivo de 2021-2022, mais de 100 mil alunos de nacionalidade estrangeira frequentavam as escolas portuguesas, no ensino básico e secundário, alunos vindos de mais de 200 países.

As nacionalidades Brasileira,  Angolana e Ucraniana são as que têm maior número de alunos no ensino básico, com 6613 e 5019 alunos respetivamente.

Já no ensino secundário, os alunos estrangeiros são provenientes de mais de 246 países, com maior incidência para alunos de nacionalidade Brasileira e Angolana.

Por regiões, a Área Metropolitana de Lisboa é a que abrange o maior número de estudantes estrangeiros, e a Região Alentejo a que apresenta o maior número, com apenas 5%, de acordo com o referido relatório hoje conhecido.

O relatório do Estado da Educação, tem como objetivo contribuir para acompanhar e avaliar o desenvolvimento do sistema educativo e formativo português, contendo a apresentação de  dados relativos às ofertas e recursos, à população discente e à sua distribuição pelas ofertas de educação e formação, e aos resultados e qualificações.

Pode consultar o relatório em CNE

Populares