24.8 C
Vila Viçosa
Segunda-feira, Junho 24, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Escuteiros de V. Viçosa ajudam a comunidade da Guiné Bissau em “Reconstruir a Palhota”

O Agrupamento 639, dos escuteiros de Vila Viçosa, encetou esforços para ajudar num projeto de extrema importância para a comunidade na Guiné Bissau e que se designa como “Reconstruir a Palhota”.

A informação foi divulgada esta tarde, na página ofical de facebook do Agrupamento 639- Corpo Nacional de escutas de Vila Viçosa, na qual é referido que “o Agrupamento esteve hoje presente, na eucaristia realizada na Igreja de S. Bartolomeu para entregar, simbolicamente, um cheque com o produto da angariação “reconstruir a palhota”.”

Na mesma publicação pode ler-se “Com a consciência, de que “tudo perece, só a boa obra permanece”, frase de S. João de Deus, iniciámos esta missão de ajudar na reconstrução de uma obra importante para a comunidade na Guiné Bissau. Foi uma alegria imensa, que hoje foi entregue uma verba com uma soma tão expressiva.”

O Agrupamento de Escuteiros de Vila Viçosa acrescenta ainda “Este mesmo entusiasmo que nos moveu, que nos move, em todas as atividades, contando que Deus não nos faltaria nem falta e a comunidade sempre colaborou e mais uma vez colaboraria.”

Segundo revelam, “Entre bolos, dádivas porque já não havia bolos para “venda” e leilões digitais, conseguimos 700 euros” acrescentando que este feito é “Mais um motivo de orgulho da nossa comunidade, do agrupamento 639, dos nossos escuteiros.”

Para o sucesso desta missão, indicam os escuteiros de Vila Viçosa em jeito de agradecimento, contribuiram “Os pais dos Lobitos, que contribuiram com alegria, despreendimento, o que muito nos comove; a Àquêlá, sempre tão zelosa pelas atividades da Alcateia e principal obreira desta iniciativa; os caminheiros; dirigentes, exploradores,  pioneiros assim  todas as secções sem excepção” 

Nesta publicação do Agrupamento 639 do Corpo Nacional de Escutas pode ainda ler-se “Esta é uma obra importante, mas não é o fim. Que sejamos encaminhados para Jesus Cristo e continuemos nesta missão de serviço.”

Foto/Créditos: Agrupamento 639 do corpo nacional de Escutas de Vila Viçosa

Populares