3.7 C
Vila Viçosa
Sexta-feira, Março 1, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Estação Biológica de Mértola exemplo de como utilizar os fundos de coesão e fazer convergência europeia!

OAtual

Tal como a Rádio Campanário noticiou, a comissária Europeia da Política de Coesão e Reformas, Elisa Ferreira, e a Ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, marcaram ontem  presença na cerimónia que assinalou o Início das Obras de Requalificação da antiga EPAC – futura sede da Estação Biológica de Mértola.

.A comissária europeia da Política de Coesão e Reformas, Elisa Ferreira, na su intervenção referiu que esta  futura estação biológica desta localidade alentejana “ilustra” como utilizar os fundos de coesão e “fazer a convergência europeia” designando este projeto como umprojeto .

Ana Abrunhosa, Ministra da Coesão Territorial, na sua intervenção destacou a forma como se estão a investir os fundos de coesão esperando que estes bons exemplos sejam replicados em todo o território.

O projeto, resultante de uma parceria entre o Município de Mértola e o CIBIO InBio – Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos da Universidade do Porto, está integrado numa candidatura ao Portugal 2020 que prevê o apoio à reabilitação do edifício dos antigos Silos da EPAC em Mértola, edifícios que acolherão os laboratórios, áreas de co-working e as áreas sociais da Estação Biológica de Mértola.

Numa estratégia de lançamento e organização de toda a atividade da EBM, foi criada em abril de 2022 a Associação sem fins lucrativos, Estação Biológica de Mértola que integra além do Município de Mértola e do CIBIO, a Universidade do Porto e a EDIA S.A. A EBM já a funcionar em instalações provisórias cedidas pelo Município de Mértola, tem desenvolvido, deste então, um conjunto de projetos e colaborações com várias entidades do setor académico e empresarial.

Foto: O Atual

Populares