23.7 C
Vila Viçosa
Sexta-feira, Abril 19, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Estremoz revitaliza e celebra a cultura com este festival porque o acordeão também é Cultura e é Popular! (c/som)

 

 O teatro Bernardim Ribeiro em Estremoz, recebe este fim de semana o festival de Acordeões, uma iniciativa pensada antes da pandemia e que agora se concretiza.

Numa organização conjunta entre o Município de Estremoz e o Orfeão Tomaz Alcaide de Estremoz, este festival divide-se em dois momentos, um primeiro que decorreu esta noite, com a atuação de acordeonistas vindos de Espanha, mais precisamente de Valência de Alcântara, e amanhã à tarde com a atuação de acordeonistas portugueses.

A Rádio Campanário esteve presente no evento e falou com o Presidente da Autarquia Estremocense, José Daniel Sadio que começou por nos referir que “a ideia de realizar este festival surge porque o Orfeão Tomaz Alcaide está integrado numa política de proximidade entre o Município de Estremoz e as Associações/Instituições” acrescentando que “no âmbito das comemorações do centenário deste Teatro celebramos a cultura e o acordeão também é cultura.”

Segundo o Autarca “este é mais um evento de divulgação da cultura em Estremoz e da evocação dos 100 anos do teatro Bernardim Ribeiro.”

Numa iniciativa realizada em conjunto entre o Orfeão Tomaz Alcaide e o município de Estremoz, esta parceria será como refere José Daniel Sadio “para toda a vida pois o Orfeão é uma Instituição da nossa cidade, tem uma história que tem marcado a cultura do concelho e terá o nosso apoio hoje, amanhã e sempre.”

A Rádio Campanário falou também com Luís parente, responsável pelo Orfeão Tomaz Alcaide que começou por sublinhar “a cultura popular está cada vez mais na moda e nós queremos revitaliza-la cada vez mais.”

Segundo adiantou o co-organizador do festival, “este evento já estava pensado desde o início da pandemia e que foi possível fazer este ano com o apoio e com a ajuda da câmara Municipal de Estremoz.”

Luís Parente conclui dizendo que “as comemorações do centenário do Teatro Bernardim Ribeiro têm que ser diversificadas e daí este festival que, desejamos que continue nos próximos anos.”

 

Populares