13.2 C
Vila Viçosa
Sexta-feira, Junho 21, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Eurodeputado Carlos Zorrinho fala sobre as eleições Europeias e sobre o plano do Governo para a Migração na RC

No seu comentário semanal na Rádio Campanário, o eurodeputado do Partido Socialista, Dr. Carlos Zorrinho, falou sobre a última sondagem para as Eleições Euopeias e sobre o Plano apresentado pelo Governo para a Migração.

No que diz respeito ao primeiro tema, as sondagens para as europeias que apesar de darem o PS a vencer nas intenções de voto regista-se uma margem cada vez mais curta por parte da AD, o Eurodeputado Socialista começou por referir ” a campanha do PS está a correr muito bem, com muita adesão, com muito entusiasmo” acrescentando “as sondagens são retratos do momento” alertando para a necessidade de analisar o facto de nas sondagens existentes as taxas de abstenção são muito baixas , explicando “gostaria muito que fosse assim mas não acredito” deixando um apelo para que todos exerçam o seu direito de voto.

No que diz respeito ao segundo tema, nomeadamente ao Plano de medidas apresentado recentemente pelo Governo para a área da migração e ao facto de serem medidas projetadas para a frente , Carlos Zorrinho começa por sublinhar “quer o plano de emergência e transformação da saúde quer este novo plano para a questão da migração têm medidas, intenções , propósitos que são positivos; o problema é que são sempre grandes proclamações, sem calendários, sem orçamentos e sem cronogramas.”

No caso concreto das Migrações, adianta “nós sabemos que 100 trabalhadores das agências pediram para sair mas ainda não se percebeu se vai ser isto revertido, quando e como.”

O Socialista conclui dizendo que “o Governo está a querer apresentar powerpoints com ideias mas sem as detalhar e ao mesmo tempo uma grande voracidade em substituir as lideranças o que mostra claramente um governo que faz grandes projetos a longo prazo mas quer governar num curtíssimo prazo porque não tem confiança, não mostra confiança de poder governar durante bastante tempo.”

Populares